2004
- o ano de todas as revelações -



Votos de um Feliz 2004, com paz, amor, trabalho e sossego para todos ...


P.S. Espera-se que para 2005 a mensagem de Ano Novo do Governo senha mais optimista que a abaixo...



Publicado por Manuel 16:44:00 0 comentários Links para este post  



ipsis verbis

PGR confirma violação da lei por Pedro Lynce

A Procuradoria-Geral da República (PGR) considera que o ex-ministro da Ciência e do Ensino Superior, Pedro Lynce, violou a lei ao permitir a entrada no curso de Medicina da filha de Martins da Cruz, então titular da pasta dos Negócios Estrangeiros.

O parecer da PGR, elaborado a pedido do próprio Pedro Lynce, conclui que «o primeiro segmento do despacho do ministro da Ciência e do Ensino Superior, de 1 de Agosto de 2003, na medida em que soluciona uma questão individual e concreta, reveste a natureza de acto externo e enferma do vício de violação de lei».

A PGR dá assim por confirmada a situação de favorecimento pessoal, uma vez que a situação é excepcional em relação ao regulamento de acesso ao ensino superior para filhos de diplomatas. Ao que o DN apurou, este parecer foi já homologado pela sucessora de Lynce, Maria Graça Carvalho, tendo o Governo decidido apresentar, em breve, um novo diploma relativo aos regimes especiais de acesso e ingresso ao ensino superior. Objectivo: «Salvaguardar a total transparência dos mesmos e a sua interpretação inequívoca.» (...)


Aguarda-se serenamente que José Cesário, ou alguém por ele, tire, tarde e más horas, as devidas ilações ...

Publicado por Manuel 01:01:00 0 comentários Links para este post  

momentos que definem inexoravelmente o carácter, no caso a falta dele, de uma pessoa.

Raquel Rocheta
, companheira de Carlos Cruz, quando inquirida pela SIC sobre o que achava do conteúdo da acusação do Processo Casa Pia afirmou apenas, com o sorriso mais pérfido deste mundo, "achar graça".

Um absoluto insulto às vítimas, um insulto até ao próprio Carlos Cruz , que deve achar um piadão estar detido, e sobretudo um insulto a todos os Portugueses ...



Raquel Rocheta é o retrato de um certo Portugal: amoral, altiva e acima do bem e do mal.

É apenas o vácuo moral absoluto !

Publicado por Manuel 21:01:00 0 comentários Links para este post  

No DN desta terça consta esta pequena prosa...

Pedofilia continua sob investigação
As investigações aos crimes de abuso sexual de menores vão continuar.
O anúncio foi feito ontem aos jornalistas pelo procurador-geral da República (PGR). De acordo com Souto Moura, foi ordenada a extracção de certidões para a organização de processos autónomos. Esta decisão consta do despacho de acusação que o Ministério Público (MP) deu ontem a conhecer aos dez arguidos do processo Casa Pia agora pronunciados.

Naqueles novos processos, para além dos indícios de abuso sexual de menores, estão a ser investigados outros crimes, nomeadamente os de favorecimento pessoal, ilícitos fiscais, lenocínio (fomentar, favorecer ou facilitar o exercício de prostituição de menores), tráfico de menores, entre outros - «os quais , ou não têm conexão com a matéria dos autos, ou reclamam uma investigação cuja morosidade se não compadece com os prazos que há que respeitar», esclareceu Souto Moura.
Mas há mais. Segundo o PGR, ao longo da investigação do processo de pedofilia, que tem mais de um ano e envolve alunos da Casa Pia de Lisboa, foram sendo extraídas outras certidões para a organização de processos autónomos, num total de 14. Na conferência de imprensa, Souto Moura explicou que estes processos «se reportam a factualidades não conexionadas directamente com a matéria aqui alvo de investigação».
(...)

Quem julga que já sabe sabe tudo e que pode afirmar que o terramoto chegou, como Inês Serra Lopes no seu pérfido editorial no Indy que sai amanhã, quarta, ainda vai ter muitas surpresas ...

Publicado por Manuel 07:29:00 0 comentários Links para este post  



A terceira via

Helena Pereira que está para o Público como a saudosa Milú, agora na embaixada de Madrid,  estava para o DN nos velhos tempos, e no que ao PSD diz respeito, descobriu a pólvora: "PSD Baixa Expectativas para as Eleições Europeias" . O título só por sí já diz tudo. A reter ainda do mesmo texto a tese do  adianço da remodelação para alturas do próximo Congresso do PSD.  Pois, só faltava escrever quem foi a fonte mas enfim ...

Entretanto, e para não causar dramas existenciais aqui, já que Vitorino continua entretido com as Europas e Portugal não precisa de tecnocratas bem comportadosAntónio Borges dá também no Público, com uma perninha no DN, uma  lição de savoir-faire, classe e bom senso. Marcelo é literalmente desfeito por K.O., Santana relativizado qual pulga perante o elefante Cavaco e Barroso é contextualizado  não por aquilo que fez mas por aquilo que ainda falta fazer (ou seja tudo) explicando pelo meio ao ainda PM o verdadeiro significado da palavra reformas ... 

Em 27 de Julho de 2001 Nicolau Santos escrevia no Expresso Online ...

A rodagem do carro de Borges

Nicolau Santos

Quando Leonor Beleza afirmou, no final de mais uma sessão das Noites de Oposição, que a mobilização das pessoas não passa por coisas muito complicadas, mas por «ir atrás de uma ideia, ir atrás de um líder», ficou dado o mote para o que pode vir a significar para o PSD e para o país a entrada de António Borges na vida política activa.

Há muitos anos que uma pessoa com uma carreira académica e profissional tão destacada não entrava na política portuguesa. E esse é o primeiro factor relevante, que justificou os elogios de Cavaco Silva - «mais que uma alegria, é uma honra para o PSD a adesão do Prof. António Borges» - ou o apoio discreto mas significativo de Leonor Beleza a voos mais altos do ex-vice-governador do Banco de Portugal, do que ser presidente da assembleia regional de Alter do Chão ou apenas um futuro ministro das Finanças.

Borges tem, aliás, vindo a fazer a cama onde se quer deitar. O ex-reitor do INSEAD, que foi capa das maiores revistas financeiras internacionais e que ocupa agora o cargo de vice-presidente da Goldman Sachs não veio a Portugal nos últimos meses fazer algumas intervenções públicas de grande impacto - concedendo entrevistas a Maria João Avillez, na SIC Notícias, ao «Público» e ao «Diário Económico» - por mero acaso. E também não foi por acaso que criticou a política monetária da Reserva Federal norte-americana e o seu presidente, Alan Greenspan.

Teve também o cuidado de sublinhar que não é um neófito em política, lembrando que participou no primeiro congresso do PSD, tendo sido saneado da faculdade onde dava aulas no dia seguinte por causa dessa decisão. E passou a mensagem que, sendo um homem da área financeira, tem uma visão do mundo muito completa. Finalmente, integrou já as preocupações sociais no seu discurso, uma área onde o seu pensamento não era conhecido e em relação à qual sempre se mostrou frio e distante.

Colocou, por fim, a cereja em cima do bolo, a ideia que mobilizará as pessoas. A primeira prioridade de um futuro Governo a que pertença deverá ser combater a corrupção. Porquê? «Porque temos um problema extraordinariamente sério de corrupção a todos os níveis», que «afasta as pessoas honestas da política»

Há três pessoas para quem a chegada de Borges à política é preocupante. Borges é tão bom orador como Guterres, mas é muito mais consistente e decidido; passa tão bem em televisão como Marcelo mas é infinitamente mais credível; e é melhor em tudo em relação a Barroso. O que quer dizer que Borges irá ao próximo congresso do PSD, para fazer a rodagem de um carro novo, que há-de comprar.

Nos entretantos Guterres fugiu e o poder caiu literalmente no regaço de Barroso. Só que o que tem de ser tem muita força ... e Marcelo e Santana vão prestar um valioso serviço à pátria anulando-se um ao outro... Barroso, esse afunda-se a sí mesmo.

Ah,e a rodagem do carro começou ontem ...

P.S. Entretanto o discurso, a pose, o saber estar e clarividência, evidenciados por Borges deviam servir de lição para esses revolucionários da Nova Democracia. Um tem uma ideia e uma visão para Portugal, os outros contas a ajustar com o passado e com os seus próprios fantasmas ...

Publicado por Manuel 04:29:00 0 comentários Links para este post  



Sem jeito

Rivaldo no FC Porto? Faria sentido, se o brasileiro pudesse jogar na Liga dos Campeões...

Mas, infelizmente, ele já actuou pelo Milan esta época na mesma prova.



Assim sendo, seria deitar dinheiro fora (mesmo contando com as receitas de merchandising que pudessem advir). E convenhamos que a SAD do FC Porto não está, propriamente, a nadar em dinheiro...

No ponto em que as coisas estão, seria maior o interesse de Rivaldo em vir para o FC Porto do que, propriamente, o contrário. Já foi um dos melhores do Mundo, mas tem 31 anos e está em nítida curva descendente. O salário que viria auferir era proibitivo para os cofres do Dragão e se o o objectivo é mesmo chegar longe na Liga dos Campeões...

Publicado por André 01:21:00 0 comentários Links para este post  



"29 de Dezembro"




It's not
What you thought
When you first began it

You got
What you want
Now you can hardly stand it though,

By now you know
It's not going to stop
It's not going to stop
It's not going to stop
'Til you wise up

You're sure
There's a cure
And you have finally found it

You think
One drink
Will shrink you 'til you're underground

And living down
But it's not going to stop
It's not going to stop
It's not going to stop
'Til you wise up

Prepare a list of what you need
Before you sign away the deed

'Cause it's not going to stop
It's not going to stop
It's not going to stop
'Til you wise up
No, it's not going to stop
'Til you wise up
No, it's not going to stop
So just...give up

Aimee Mann

Publicado por Carlos 00:06:00 0 comentários Links para este post  



smoke and mirrors ...



Algumas citações de William Shakespeare adequadas a estes dias ...

The Merchant of Venice

"The devil can cite Scripture for his purpose".
(Act I, Scene III)

Measure for Measure

"Our doubts are traitors, and make us lose the good we oft might win, by fearing to attempt".
(Act I, Scene IV)

"Some rise by sin, and some by virtue fall".
(Act II, Scene I)

"The miserable have no other medicine but only hope".
(Act III, Scene I)

King Henry the Sixth, Part I

"Delays have dangerous ends".
(Act III, Scene II)

"Of all base passions, fear is the most accursed".
(Act V, Scene II)

Macbeth

"There 's daggers in men's smiles".
(Act II, Scene III)

Publicado por Manuel 22:25:00 0 comentários Links para este post  



É a Vida (O que é que se há-de fazer?)


«Há-de ser mais claro
tudo um dia, vais ver
tudo nos lugares
que tu separares
entre
o tanto que há pra viver

Por agora é tudo
confusão, tempestade
grita no mar alto
dança no asfalto
cruza
os dias da tua idade

É a vida
o que é que se há-de fazer?
é a vida
o que é que se há-de fazer
Viver!

A noite agora acaba
a lua segue p'ro sol
faz uma directa
corre que nem seta
rumo
ao branco do teu lençol

Olha-te ao espelho
triste-alegre estarás
na boca um sorriso
nos olhos granizo
do amor
hoje deixado p'ra trás

É a vida
o que é que se há-de fazer?
Viver!



Mais tarde verás
o que hás-de ser nesta vida
doutor de aventuras
médico de curas
actor
duma comédia sentida

Sejas o que sejas
hás-de ser invencível
escolhe bem amores
enche-te de cores
pinta
tudo o que em ti é possível

É a vida
o que é que se há-de fazer?
Viver!»

«É A VIDA (O QUE É QUE SE HÁ-DE FAZER)», Domingo no Mundo, 1997
Letra e música: Sérgio Godinho

Publicado por André 19:28:00 0 comentários Links para este post  

Norberto Rosa em grande no DE ...

Defesa
Portas intimado a adoptar sistema de contabilidade das Finanças



A Defesa tem gasto «avultadas verbas» no Sistema Integrado de Gestão, que não dá resposta a todos os parâmetros das Finanças, diz a DGO.

O Ministério das Finanças impôs ao Ministério da Defesa o seu Sistema Integrado de Contabilidade (SIC), comprometendo a generalização do Sistema Integrado de Gestão adoptado pela Marinha, e defendido por Paulo Portas para todos os ramos das Forças Armadas. Num despacho de 5 de Dezembro, – a que o Diário Económico teve acesso – o secretário de Estado do Orçamento, Norberto Rosa, ameaçou o ministro da Defesa com a retenção de verbas «incluindo as de pessoal», caso não fosse adoptada a solução das Finanças para a Reforma da Administração Financeira do Estado (RAFE).

Norberto Rosa escreveu que via «com muita preocupação» uma nota da direcção-geral do Orçamento, dando conta que a Defesa não tinha respondido a um ofício do dia 4 de Novembro, «sobre a instalação dos SIC nos serviços» da Defesa. E enfatizou as consequências que isso poderia ter: «Não sendo possível, por razões técnicas, dar continuidade ao actual sistema de controlo orçamental, torna-se imperioso a adopção da solução preconizada pela DGO [Direcção-Geral do Orçamento] sem o que estará em causa a libertação de créditos para a realização de quaisquer despesas, incluindo as de pessoal. Assim, perante a gravidade da situação, reitero o meu despacho de 2003/10/31, colocando de novo esta questão à especial atenção do Senhor Ministro de Estado e da Defesa Nacional».

A Defesa não só ignorou as indicações das Finanças desde Outubro, tal como sublinhou Norberto Rosa, como também revelou má coordenação, pois o documento refere que os ramos não tiveram conhecimento da matéria até ao início deste mês.

Nessa nota da DGO, a delegada das Finanças na Defesa, Elvira Martins Tavares, destacou a «urgência da questão», uma vez que «só através dos SIC poderão os serviços proceder ao levantamento de fundos». E salientou que a transição se revestia «da máxima urgência, atendendo à dificuldade em controlar a realização das despesas públicas».

Mas a sub-directora-geral do Orçamento, Ana Maria Gouveia, num apontamento manuscrito na mesma nota, tece outras críticas à Defesa: «O MDN tem gasto avultadas verbas na implementação de um sistema designado por “Sistema Integrado de Informação Financeira” (SIIF) que não dá resposta à unidade de tesouraria e unidade orçamental, sistema esse, ao que se julga, apenas a Marinha o utiliza, já que nos outros ramos e no EMGFA operam com sistemas diferentes».

Foi este sistema da Marinha – uma aplicação SAP, muito usada nas empresas – que Portas quis implementar nos outros ramos, mas isso agora está comprometido. Pelo menos o Exército, apurou o DE, vai adoptar o sistema das Finanças e a Armada terá de compatibilizar o seu.

«Na Marinha, no corrente ano económico com a aplicação do novo sistema informático, a sua execução orçamental é cada vez mais dificultada pelo número exagegrado de requisições de fundos e alterações orçamentais apresentadas», aponta ainda a DGO.

Na semana antes do Natal, o secretário-geral do Ministério da Defesa, Bernardo Carnall – que já se reuniu com a DGO –, convocou os ramos para lhes colocar a questão e defender o sistema da Marinha, afirmaram ao DE fontes militares.

Questionado pelo DE, o Ministério das Finanças respondeu que «a instalação dos SIC nesse como noutros sectores que ainda deles não dispõem tem vindo a ser acompanhada tendo em vista a sua aplicação generalizada em 2004». A Defesa não respondeu às questões colocadas.

N.A. o SAP é muito bonito mas provocou bastantes estragos à Jerónimo Martins ..

Publicado por Manuel 16:46:00 0 comentários Links para este post  


O sistema começa finalmente a funcionar




Publicado por Manuel 13:03:00 0 comentários Links para este post  

do Porta da Loja, e com a devida vénia ...

A Ordem e Santiago

Excertos da entrevista do advogado Rodrigo Santiago à Visão de 23.12.03:

Visão: Considera que o juiz Rui Teixeira nunca deveria ter sido escolhido para este processo? ( da Casa Pia).

Rodrigo Santiago: “ Sempre comentei com os meus colegas o contrário. Ou seja, que a escolha do juiz Rui Teixeira dá-me garantias de erro. Entre um juiz mau e um bom, prefiro , como é evidente, um mau. Em cada despacho, o juiz Rui Teixeira comete uma asneira. Resultado disso são os cerca de 60 recursos já apresentados no processo Casa Pia.”

Comentário do copista: passando ao lado da ignorância da pergunta, ao pressupor como facto a “escolha” do juiz, quando é sabido que um juiz de Instrução não é escolhido assim como quem escolhe um cartório notarial para fazer uma escritura ou uma esquadra de polícia para apresentar queixa, a resposta do advogado é extraordinariamente reveladora do conceito que o mesmo tem: do Direito; da Justiça em geral; das relações entre magistrados e advogados e da étida profissional de alguma forma vertida nos estatutos da Ordem de que faz parte.

Basta ler os artigos que seguem, para perceber onde pára a ética destre advogado:

Estatuto da Ordem dos Advogados
Decreto Lei 84/84, de 16 de Março

ARTIGO 78.º
Deveres do advogado para a comunidade
Constituem deveres do advogado para com a comunidade:
a. Pugnar pela boa aplicação das leis, pela rápida administração da justiça e pelo aperfeiçoamento das instituições jurídicas;
b. Não advogar contra lei expressa, nao usar de meios ou expedientes ilegais, nem promover diligências reconhecidamente dilatórias, inúteis ou prejudiciais para a correcta aplicação de lei ou a descoberta da verdade.

ARTIGO 82.º
Da discussão pública de questões profissionais
l. O advogado não deve discutir, ou contribuir para a discussão, em público ou nos meios de comunicação social, questões pendentes ou a instaurar perante os tribunais ou outros órgãos do Estado, salvo se o conselho distrital concordar fundamentalmente com a necessidade de uma explicação pública, e nesse caso nos precisos termos autorizados pelo conselho distrital.
2. O advogado não deve tentar influir de forma maliciosa ou censurável na resolução de pleitos judiciais ou outras questões pendentes em órgãos do Estado.

ARTIGO 87.º
Dos deveres para com os julgadores
l. O advogado deve, sempre sem prejuízo da sua independência, tratar os juizes com o respeito devido à função que exercem e abster-se de intervir nas suas decisões, quer directamente, em conversa ou por escrito, quer por interposta pessoa, sendo como tal considerada a própria parte.
2. É especialmente vedado aos advogados enviar ou fazer enviar aos juizes quaisquer memoriais ou recorrer a processos desleais de defesa dos interesses das partes.

Para além daquela afirmação, o advogado vai mais longe, ao falar daquilo que se passou durante o interrogatório feito ao seu cliente, pelo referido juiz.
Disse por exemplo que o seu cliente Ritto, “ é acusado por três rapazes. Dois deles dizem tê-lo visto em Elvas, quando o meu cliente me diz que nunca lá esteve. Falam dum descampado, quando, ao que sei, a casa de Elvas fica numa rua muito movimentada. “

À pergunta: “ Neste interrogatório, ficou a saber as datas dos crimes?” Respondeu: “Apenas que teriam ocorrido durante a época de Páscoa, em 2000 e 2001.”

Disse ainda a seguir, outra coisa extraordinária: que sabe que os depoimentos das testemunhas são falsos, porque sabe quem os ensinou a mentir, mas nãopode revelar! Logo a seguir, porém, diz que crê, ter sido “unicamente o Dr. Pedro Strecht quem examinou e periciou as testemunhas”.

Comentário do copista:
Qualquer uma destas afirmações sobre o que se passou no interrogatório, viola o dever de sigilo imposto pelo Código de Processo Penal. Ou seja, o advogado R.Santiago incorreu na prática do crime de violação do famigerado segredo de justiça.
Tanto quanto se sabe, nem a Ordem dos Advogados tugiu; nem o Conselho Superior da Magistratura mugiu; nem a comunicação social amplificou. Talvez seja devido à época.

P.S. 1 outro blog  a seguir com muita atenção ...

Publicado por Manuel 10:16:00 0 comentários Links para este post  



a febre de Domingo à noite ...

Pacheco, na SICempala Santana mostrando que por detrás de toda propaganda, a Câmara Municipal de Lisboa continua a descurar o essencial, no caso a prevenção de terramotos. Sobra-lhe tempo para pôr a nú a hipocrisia de Sampaio ao indultar a  enfermeira da Maia, que alguns querem promover a heroína nacional, e a tal que tinha rendimentos de milhares de contos/ano à custa do drama de terceiros, e para marcar Marcelo e Santana a propósito das Presidenciais metendo-os no mesmo saco. A rematar um toque poético ao recitar Shakspeare.



Marcelo na TVI, empala Portas e bem na questão da imigração, iliba Sampaio no caso  do indulto omitindo alguns detalhes bem relevantes, deconstroi - ele (!) - a comunicação social que faz histórias sobre nada - no caso o equívoco à volta da interpretação das suas própria declarações, promove Ferreira Leite a Figura Nacional do Ano. O resto folclore prá plebe ...



Em suma, e num cenário completamente imponderável e imprevisível, e excluindo-se Cavaco e a escolher entre Marcelo e Santana (que como aquí já se disse estão noutra guerra) antes  Pacheco para Presidente ...


P.S. 1. Com Monteiro calado a ND às vezes até tem piada.
P.S. 2. No Jornal Nacional do passado domingo antes de Marcelo iniciar a sua homilia, a TVI anunciou o fim da vida política de Marcelo em 2005. Marcelo, que falou de seguida, não dementiu a não ser hoje uma semana depois.
P.S. 3. Na agora célebre entrevista a Maria João Avilez, Marcelo comparou o Governo a um "bando de Escuteiros". Hoje ficamos a saber que o tal bando de escuteiros marcha ao som da flauta de Ferreira Leite
...

Publicado por Manuel 22:05:00 0 comentários Links para este post  



Os meus domingos*

Os domingos são sempre bons. Além de ir à missa – sempre acompanhado pelo fotógrafo da terra, que também faz casamentos e baptizados – gosto de ler os jornais domingueiros. Hoje não podia deixar de comprar o Correio da Manhã, e ler uma profunda entrevista ao Rui Teixeira.

Entrevista essa que me fez recordar as longas sessões com um psicólogo – para o qual fui encaminhado por um conjunto de professores do liceu - que garantiam que eu era um terrorista -  que ao princípio ser achei ser um pouco abichanado até pelas perguntas que fazia. Na primeira sessão, disse-me para me sentar no sofá. Sentei-me e ficamos a conversar. Já na segunda, disse-me para sentar e para por à vontade. Aí, saí disparado, dizendo ao tipo que comigo não fazia farinha. A questão resolveu-se quando comecei a ser seguido por uma psicóloga. Nunca protestei quando ela dizia: «fique à vontade».

Enfim....Isto tudo para dizer que o diálogo entre o juiz e o jornalista é tão vazio como o próprio juiz. Se a intenção era dar a conhecer o lado humano do Rui Teixeira, então a conlusão é simples: o homem é inócuo e o jornalista, enfim, cada um que pense o que quiser....



Eis algumas passagens ...

Correio da Manhã - Como se define como pessoa?

Rui Teixeira - Francamente, não sei. É uma questão que deve ficar ao critério dos outros. Fazer esse tipo de introspecção é um bocado difícil.
(....)

CM - Canta no duche?

RT - Não estou lá para fazer sala.

Nota - Ficou por perguntar que champô usa, se faz algum tratamento capilar, se se esfrega bem, se gosta de hidromassagem, jacuzzi, banho turco, sauna, etc. A curiosidade do jornalista...Hum....

(...)

CM – Prato preferido?

RT - Um bom cozido à portuguesa e tudo aquilo que seja alentejano. Tudo coisas que me fazem mal e não como.

CM - Acompanhado com que bebida?

RT - Sempre água.

Nota - Esta custa! Comer cozido e tudo o que é alentejano com água??? Vá lá....não desce nas sondagens se disser que gosta de uma boa pinga....

(...)

CM - Que recordações tem desse tempo (escola primária)?

RT - As brigas em que me metia, as chatices que dava aos meus pais, as batatadas em que andava.

Nota - É o velho problema da infância problemática. Tal como eu, o juiz andava à batatada. Inspirado no Rocky IV, eu gostava de chamar a atenção das miúdas e vai daí, não havia recreio em que não houvesse molho. A coisa complicou com a introdução das «naifas» e das «borboletas», mas isso fica para outro post.

(...)

CM - Tímido ou extrovertido?

RT - Tímido

Nota - Lá está a lenga-lenga do meu psicólogo. Este jornalista do CM.........

(...)

CM - Actor preferido?

RT - Harrison Ford

CM - Actriz?

RT - Nenhuma.

Nota - A coisa complica-se……

(...)

CM - Tinha medo do escuro quando era criança?

RT - Não

Nota - Põe-te ao fresco!!Olha o que eu te digo!!!!!





Frases de Rui Teixeira a reter

«Não posso dizer que era um bom aluno. Acabei o curso com média de 12»

Melhor Nota: «Um 15 ou 16 a Direito Internacional Privado»

Pior Nota: «Um 10 a qualquer coisa, dado que negativas nunca tive»

Nota:  terá sido à cadeira de Direito Processual Penal ?

Conclusão - Será que depois desta entrevista, o pai de Rui Teixeira vai dizer: «O que foste fazer, filho!»

*Título plagiado, copiado, a António Lobo Antunes

Publicado por Carlos 12:39:00 0 comentários Links para este post  

No sábado passado, o Expresso afirmava peremptoriamente que Cavaco ia avançar enquanto candidato presidencial sabendo-se agora que a fonte anónima e íntima do Professor Anibal era, who else, o próprio Marcelo.

No domingo seguinte, enquanto era inaugurada uma biblioteca com o seu nome Marcelo Rebelo de Sousa afirmava que abandonaria a política em 2005 (não se recandidatando à Assembleia Municipal de Celorico de Basto).



No último Semanário era afirmado, em primeira página, que afinal Marcelo subiria a Ministro de Estado na próxima remodelação. Ainda no último Semanário era afirmado que Santana espera esclarecimentos de Durão acerca do hipotético apoio deste a uma candidatura de Cavaco (apoio em abstrato absolutamente equivalente ao de Santana que já tinha afirmado que apoiaria Cavaco caso este se candidatasse).

Hoje, em tudo quanto é sítio, ficamos a saber que afinal em entrevista ao programa «Conversa Afiada», na «SIC-Notícias», o ex-líder do PSD afirmou que «natural» seria Cavaco apresentar-se como candidato presidencial do PSD, mas admitindo que num «quadro totalmente imprevisível» ele próprio possa avançar.

Marcelo é infinitamente mais culto e inteligente que Santana mas, tal como ele próprio -  ainda  pregava na TSF -  um dia afirmou sobre Lucas Pires, está condenado a não passar, nunca, de um mero entertainer. Às vezes com piada mas, já, não, nunca, mais, que isso. Marcelo tal como Santana é um jogador, e tal como a sua némesis mais ou menos amoral. Marcelo sabe que não tem qualquer hipótese de ser candidato a Belém como sabe, ao contrário do que outros possam julgar, que a candidatura de Cavaco depende apenas e só do próprio e é imparável.



Marcelo já percebeu que o verdadeiro alvo de Santana não é Belém mas sim São Bento. A jogada de Marcelo é ser a saída airosa de Barroso num eventual, mas cada vez mais certo, assalto ao PSD de SantanaNo  more, no less

O objectivo de Marcelo é pois suceder a Barroso como PM e líder do PSD travando Santana e, como bónus, Portas ...

Manchetes como as do último Semanário apenas legitimam o gradual afastamento de Santana de Barroso, factor que Marcelo activamente promove ao convencer Barroso que ao este dar-lhe corda controla Santana.

O resto está escrito, como diz Santana, nas estrelas e algures, desde há muito, nos nossos arquivos...

Publicado por Manuel 22:28:00 0 comentários Links para este post  



Marilyn Cruz

O Expresso brindou-nos, este sábado, com uma revelação: Marilyn, como tantos admiradores insistiram durante anos em garantir, afinal está viva.



A foto não mente...

Publicado por André 13:35:00 0 comentários Links para este post  



realidades virtuais

João Pedro Henriques, no Glória Fácil escreve ...

Audiências da TSF 


Está a chegar Janeiro. Estão chegar as primeiras audiências da "nova" TSF. Aposto o que quiserem em como nos vão garantir que subiram. E ainda que alguns novos produtos - como o inenarrável Fórum Mulher - são um sucesso.

Mas agora eu digo: é mentira. É rigorosamente impossível que as audiências tenham subido. A rádio não conseguiu um único ouvinte novo (porque o que não falta, naquela onda sonora, é outra oferta melhor). E, por outro lado, terá perdido milhares, que não se conformam com a nova identidade da rádio.

Sabemo-lo todos, não é? Mas também sabemos como o orgulho se alimenta de mentiras. E portanto vamos ver as audiências subir. Pois...

É verdade, mas não são só os estudos de audiência que vão aparecer inquinados... Os dados do barómetro, esses pois, também ...

Publicado por Manuel 00:13:00 0 comentários Links para este post  



pequenos equí­vocos entre amigos...

A dúvida metódica ...

"Resta saber se Rui Rio está à altura daqueles que ainda o conseguem defender."

Carlos Abreu de Amorim


P.S. 1. Ainda sobre a Câmara do Porto ler, não porque concordemos na integra mas porque merece ser lido e reflectido,  o post "O disparate não tem descanso" no Cabo Raso .
P.S. 2. Carlos Abreu Abreu de Amorim considera que José Manuel Fernandes não tem "o direito de distorcer a realidade" ao qualificar a ND como extrema-direita. Duas notas, em primeiro lugar para dizer que o director do grande farol da imprensa lusitana não classificou a ND ipsis verbis como extrema-direita no seu editorial, mas sim como "o mais próximo que temos da extrema-direita europeia" ora, em segundo lugar, e sendo público que CAA professa urbi et orbi a natureza anti-sistémica e mesmo revolucionária da ND seria útil que clarificasse o que define e entende por "extrema-direita", é que mais do que por esta ou aquela temática o extremismo  define-se, e sustenta-se, por uma certa praxis ... 
P.S. 3. a ortodoxia,  pura e dura, chegou à blogosfera. Está aquí ...

Publicado por Manuel 22:09:00 0 comentários Links para este post  



Atrás dos Tempos Vêm Tempos e Outros Tempos Hão-de Vir


«Eu pego na minha viola
E canto assim
Esta vida
A correr

Eu sei que é pouco e não consola
Nem cozido à portuguesa há sequer
Quem canta sempre se levanta
Calados é que podemos cair
Com o vinho molha-se a garganta
Se a lua nova está para subir

Que atrás dos tempos vêm tempos
E outros tempos hão-de vir
Eu sei de histórias verdadeiras
Umas belas
Outras tristes de assombrar

Do marinheiro morto em terra
Em luta por melhor vida no mar
Da velha criada despedida
Que enlouqueceu e se pôs a cantar
E do trapeiro da avenida

Mal dormido se pôs a ouvir
Que atrás dos tempos vêm tempos
E outros tempos hão-de vir
Sei de vitórias e derrotas
Nesta luta que se há-de vencer
Se quem trabalha não esgosta
No seu salário sempre a descer



Olha a polícia
Olha o talher
Olha o preço da vida a subir
Mas quem mal faz
Por mal espere
Se o tirano fez a festa
P'ra fugir
Que atrás dos tempos vêm tempos
E outros tempos hão-de vir
Mas esse tempo que há-de vir
Não se espera como a noite
Espera o dia

Nasce da força que transpira
De braços e pernas em harmonia
Já basta tanta desgraça
Que a gente tem no peito
A cair
Não é do povo
Nem da raça
Mas do modo como vês o porvir

Que atrás dos tempos vêm tempos
E outros tempos hão-de vir»

«ATRÁS DOS TEMPOS VÊM TEMPOS»
Letra e música: Fausto Bordalo Dias



(Fausto, um dos maiores escritores de canções em português, acaba de lançar mais uma obra, nove anos depois das «Crónicas da Terra Ardente». Chama-se «A Ópera do Cantor Maldito» e é, obviamente, obrigatório para quem gosta da música portuguesa de qualidade)

Publicado por André 20:25:00 0 comentários Links para este post  



o dia seguinte ...

Parar numa área de serviço, para reabastecer o depósito, de gasóleo, é sempre uma excelente oportunidade para ver como param as modas na nossa imprensa. Assim, hoje decidí dar uma espreitadela nesse referencial da nossa Alta Sociedade que é a Caras e, claro, nessa referência inolvidável para esta Venerável Grande Loja que é o Semanário

Assim e na Caras, temos uma reportagem enternecedora com o casal vítima de uma das maiores cabalas dos últimos tempos, a dupla José Castelo Branco/Betty. Depois temos num exclusivo, porno e hard-core, todos os detalhes do modesto casamento da filha de Eduardo dos Santos. O nosso primeiro lá aparece numa foto à lá carte com o casal e consta até que também existirão fotos, não publicadas obviamente, dele em amena cavaqueira com o senhor Falcone, aquele porreiraço, com uns negócios estranhos, com quem a justiça francesa embirrou, mas  a quem o dos Santos deu passaporte diplomático e um cargo na UNESCO... Pelo meio desta edição da Caras ainda há, como habitualmente, espaço para o Lopes.



O Semanário, noutra absoluta edição de colecionador, tem uma entrevista com o ideologozeco do Lopes - Gonçalo Capitão - a quem fizeram a infámia de trocar a foto na primeira página. O Capitão não diz nada de novo a não ser o de se assumir cada vez mais às claras como os neurónios do Santanismo, mesmo quando forçado a dizer que a bola vai para um lado para abrir espaço para ela poder ir por outro.

Ainda
no Semanário, e depois de na semana passada o angélico Professor Marcelo ter plantado inocentemente no Expresso a notícia do "avanço" de Cavaco (até o avisado Pacheco caiu na armadilha), temos mais recados, Cavacopode concorrer a um mandato, ao qual se sucederá o de Barroso sendo que, afinal, Santana é um bom candidato presidencial mas  para a esquerda, porque deixa a direita orfã (!),  pelo que o destino  do Lopes, e do seu amigo Portas, é imagine-se refundar a Direita fundindo o PSD e o PP à espanhola. Nada que não se tenha escrito e antecipado por estas bandas portanto muito criativos o Lopes & Associados



P.S. 1. A não perder também as previsões metereológicas, perdão astrológicas, d 'O Crime para 2004.
P.S. 2. Num post entitulado "a senhora dos sapatos" JPP diz a certa altura ...

"A Senhora dos Sapatos é uma figura marcante, imponente, daquelas pessoas que se percebe estarem habituadas a mandar como quem respira. Atrás vinham duas aias, ou damas de companhia, ou criadas, e um segurança. Não se percebia bem a qualidade das senhoras, mas a dama levantava um dedo e uma ia logo falar-lhe e fazer qualquer coisa que ela pedia. Era uma cena oriental ou antiga, na Europa já não há disto."

Manifestamente Pacheco anda a passar demasiado tempo fora do rectângulo. Infelizmente em Portugal ainda há daquilo. Ainda sobre o mesmo post e pesem as nossas reservas ao levantamento do sigilo bancário a torto e a direito, um regime especial que obriga a banca a comunicar ao Banco de Portugal depósitos acima de determinado valor ou de origem suspeita. Assim sendo, seria de esperar que já tivesse sido veementemente desmentido pelo Banco de Portugal, ou pela  Associação Portuguesa de Bancos a existência de depósitos da família Marcos em Portugal já que a existirem são manifestamente ilegais ...
P.S. 3. Na noite de consoada a RTP-1 passou, tarde e a más horas, "E do cêu caíu uma estrela". Apesar do horário, puro serviço público.
P.S. 4. Será curioso ver quanto é que Manuela Ferreira Leite arrecada de receitas extraordinárias face à desvalorização do dólar e à imutabilidade do preço dos combustíveis.
P.S. 5. Esta notícia  merecia esclarecimentos aprofundados mas enfim ...
P.S. 6. Durão Barroso, no seu discurso de Natal afirmou que o pior já passou e que 2004 vai ser o ano da retoma.  Acreditar em Barroso conhecendo-o, e conhecendo o seu Governo, é um acto de . Valha-nos a Nª
Srª de Fátima, com a ajuda de Deus e do BCE ...
P.S. 7. Diz-se, mas custa a acreditar, que as unidades da PJ encarregues de combater certa criminalidade económica receberam directivas informais para desacelarar nos primeiros seis meses de 2004. Em nome do Euro/2004 e do prestígio nacional. Espera-se que seja mentira.
P.S. 8. Em publicidade, de página inteira, a CML do Lopes jura a pés juntos gastar menos em propaganda do que no tempo de João Soares. Só uma dúvida, o batalhão de jornalistas, técnicos de imagem, consultores comunicacionais, que  está pulverizado por toda a CML  em lugares que vão desde assessores a gestores (!) de empresas municipais passando por chefes de gabinete também entrou nas contas apresentadas ?  e a publicidade à CML feita encapotadamente  através de Empresas de capital municipal ? just asking ...

Publicado por Manuel 17:55:00 0 comentários Links para este post  



à atenção nomeadamente dos nossos canais de televisão ...

Top German Paper Publishes Only Good News For Xmas
12-24-03



BERLIN (Reuters) - Germany's top-selling newspaper published nothing but good news Wednesday, dropping its normal fare of crime, violence and scandal for stories about tax cuts, falling petrol prices and accelerating economic growth.
 
"There's only good news today," Bild wrote in two-inch high letters at the top of page one, where the giant headlines are usually devoted to sex scandals, Germany's cannibal trial, killers, adulterers or dishonest politicians.
 
Urging Germans to shed their natural frosty demeanor for the Christmas holiday season, Bild columnist Peter Bacher said there was always plenty of good news around, even if it was "sometimes overshadowed by evil, horror and terror."
 
Bild also reported churches were full for Christmas services, California's earthquake spared San Francisco, president Johannes Rau appealed for more state money for families, share prices rose, and political leaders promised more big tax cuts.
 
Skipping its usual "loser of the day" entry, Bild picked two "winners of the day," including rock star Ozzy Osbourne who was released from intensive care in hospital after an accident in Britain.
 
Even a story in the paper with 12 million readers about a Berlin celebrity who broke up with her boyfriend took a positive approach: "Great news, Djamila Rowe is single again."
 
Copyright © 2003 Reuters Limited. All rights reserved. Republication or redistribution of Reuters content is expressly prohibited without the prior written consent of Reuters. Reuters shall not be liable for any errors or delays in the content, or for any actions taken in reliance thereon.

Publicado por Manuel 14:02:00 0 comentários Links para este post  



Derlei só há um

Mesmo liderando com uma vantagem considerável a SuperLiga, o FC Porto termina o ano de 2003 com um sorriso amargo. Necessariamente com um sorriso, porque os portistas fizeram um ano simplesmente espectacular e que talvez não repetirão.

Mas a perda de Derlei é um revés demasiado duro para uma equipa que sonha ir longe na Liga dos Campeões.



Derlei é o jogador que qualquer presidente gostaria de contratar: foi barato, não dá ares de vedeta, não será particularmente dotado tecnicamente. Mas trabalha, trabalha, trabalha. E marca, marca, marca. Faz mais golos que o ponta-de-lança (seja ele McCarthy ou Jankauskas), corre mais que os médios (mesmo com Maniche e Pedro Mendes na equipa). Dá tudo -- por ele, mas sobretudo pela equipa.

Sem Derlei, o FC Porto perdeu grande parte da sua eficácia. Não perdeu a sua maior estrela (Deco), nem o seu jogador mais regular (Costinha). Mas perdeu aquele que, no momento que menos se espera, surpreende e faz muito mais do que se lhe pede.

E agora? Agora, os senhores do Dragão têm um grande problema entre mãos. Precisam de acertar em cheio na contratação que vão fazer. Vem aí Maciel, que é um bom jogador, mas não chega aos pés do seu antigo companheiro no Leiria (e nem sequer pode jogar na Liga dos Campeões, porque já actuou por outr clube esta época nas competições europeias).

Muito provavelmente, virá Carlos Alberto, que foi um dos melhores jogadores do mundial de sub-20, mas ainda é muito novo para dar garantias. E o Porto precisa de alguém que faça a diferença lá na frente, não de mais um médio.

E agora, José????



Publicado por André 11:51:00 0 comentários Links para este post  



prendas de Natal

Às vezes as prendas de Natal, chegam das formas mais inesperadas. A nossa apareceu aquí .




Publicado por Manuel 14:23:00 0 comentários Links para este post  



A todos um Bom Natal

Na impossibilidade de o fazermos individualmente (até a mailbox do hotmail entupiu) vimos, por este meio, agradecer não só a todos aqueles que nos desejaram  votos de Bom Natal, mas também a  todos aqueles que com a sua assiduidade, com as suas críticas, indignações e  apoio assim como com as suas sugestões tem permitido o sucesso desta Grande Loja, desejar um Santo e Feliz Natal extensivo às respectivas famílias.




Pinheirinho, Pinheirinho,
De ramos verdinhos

Pra enfeitar, pra enfeitar
bolas e bonequinhos

Uma bola aqui
Um laço acolá
Luzinhas que brilham
Que lindo que está

Olha o Pai Natal
De barbas branquinhas
Traz o saco cheio
De lindas prendinhas

Pinheirinho, Pinheirinho,
De ramos verdinhos

Pra enfeitar, pra enfeitar
bolas e bonequinhos



Publicado por Manuel 18:18:00 0 comentários Links para este post  



Borboleta Natalícia...


«Borboleta pequenina que vem para nos saudar
venha ver cantar o hino que hoje é noite de natal
Eu sou uma borboleta pequenina e feiticeira
ando no meio das flores procurando quem me queira

Borboleta pequenina, saia fora do rosal
venha ver quanta alegria que hoje é noite de Natal
borboleta pequenina venha para o meu cordão
venha ver cantar o hino que hoje é noite de Natal



eu sou uma borboleta pequenina e feiticeira
ando no meio das flores procurando quem me queira
borboleta pequenina, saia fora do rosal
venha ver quanta alegria que hoje é noite de Natal»

«BORBOLETA», Mais, 1991

Letra: Arnaldo Antunes
Interpretação de Marisa Monte

Publicado por André 01:54:00 0 comentários Links para este post  



directamente destes ...


Mensagem de Natal de Fátima Felgueiras. 

Portugueses, portuguesas.

Antes de mais, quero esclarecer que não fugi. Simplesmente tive de efectuar uma retirada estratégica em virtude da má qualidade da justiça portuguesa. Como alguém disse e muito bem, a justiça portuguesa é a continuação do Santo Ofício na sua versão actualizada.

Ora, eu Fátima, que sempre desejei o bem da população de Felgueiras, chegando mesmo a abdicar de prevílegos pessoais para que Felgueiras fosse maior, nunca poderia aceitar de ânimo leve ser presa, ainda por cima, sem ter culpa.

Como qualquer pessoa normal pode constatar, fui vítima de uma cabala que visa denegrir a minha vida política e pessoal.

Felgueirenses, vocês sabem bem o trabalho que executei em prôle de vocês. TENHO OBRA FEITA!!!

Felgueirenses, a cabala não é só dirigida à minha pessoa. É para impedir a continuidade do meu trabalho em benefício da maravilhosa cidade de Felgueiras.

Felgueirenses, nessa hora difícil para a nossa cidade, vamos juntar-nos para atingir o bem comum, MODERNIZAR Felgueiras.

Felgueirenses, para terminar, sabem perfeitamente que estou inocente. Se hoje estou no Brasil é por vossa causa, porque Felgueiras, para mim, está acima de tudo, e presa não poderia fazer nada pela cidade.

Felgueirenses, juntos iremos fazer justiça.

Feliz Natal para todos os Felgueirenses.

Publicado por Manuel 20:02:00 0 comentários Links para este post  

Se há uns meses, se dizia que que o Verão de S. Martinho era bom para fazer novos amigos, agora pode dizer-se que o «bacalhau à EPL» é óptimo para juntar velhos amigos à mesa

Publicado por Carlos 10:54:00 0 comentários Links para este post  



detalhes

Primeiro foi a história das secretas com o PS a oferecer de bandeja a Portas o controlo directo do DIMIL, agora há partidos de primeira e partidos de segunda. O Conceito Militar Estratégico foi hoje explicado ao PS. Só ao PS. O ministro da Defesa deixou de fora o BE e o PCP. Porque o tema não deve «ser conversado com partidos que se opõem aos eixos estruturantes» da política de Defesa, explicou Paulo Portas.



Recorde-se que este é o mesmo Portas que condecorou o saudoso João Amaral entre outras coisas pelo seu trabalho na Comissão Parlamentar da Defesa ...

P.S. 1 Maria Manuel Leitão Marques citou Lawrence Lessig no causa nossa ... Só  pode ser um bom sinal.
P.S. 2 A CGD perdeu a corrida pelo líbio Atlântico para o Sabadell. Boas notícias a curto prazo para Jardim Gonçalves mas não necessariamente a médio ...
P.S. 3 O tempo pode ser de crise, mas “o apertar do cinto” passa manifestamente ao lado do Banco de Portugal. A autoridade de supervisão, que tem apelado à moderação salarial na Função Pública, renovou este ano parte da sua frota automóvel composta por 66 veículos. O governador, Vítor Constâncio, teve direito a um BMW 530 D, no valor de 67400 euros (13400 contos). Para dois administradores foram um Saab Sport Sedam 2.2 , no valor de 37 mil euros (7400 contos) e um Volvo V40 1.9D, de 36730 euros (7363 contos). Mesmo assim nada parece bater os cerca de 100 000 euros da carripana de Pedro Santana Lopes ... 

Publicado por Manuel 02:17:00 0 comentários Links para este post  



Alice nos País das Maravilhas ...

O Público trás hoje na capa que "Proprietários de Casas Degradadas Serão "Obrigados" a Reabilitar Ou a Vender Os Seus Edifícios". 



Tal medida apesar de polémica e com o selo de qualidade de Rosário Águas, ex vereadora de Pedro Santana Lopes na Figueira na Foz, alma impoluta, acima de qualquer suspeita, abominada por todo e qualquer lobbie tal a sua estoicidade, e uma referência de ortodoxia para qualquer inspector do IGAT pode ser muito bonita no papel, mas, e a mil vezes prometida moralização do regime de rendas pré-históricas ?

Como estamos em Portugal ainda vamos ver o Estado inquilino, a pagar rendas de miséria a expropriar imóveis por o desgraçado do senhorio não receber o suficiente para os manter em bom estado ...

Espera-se que o bom senso regresse e a lei ou vá para o lixo ou seja devidamentge enquadrada num pacote de medidas que salvaguarde os legítimos direitos dos senhorios. A Constituição apesar de esquerdista ainda garante o Direito à propriedade ...



P.S. 1 O facto de termos citado no post anterior, a propósito da amizade do Embaixador António Monteiro, perdão, do Primeiro Ministro Durão Barroso por Eduardo dos Santos, um take da Lusa  e não o editorial do Público (excelente) não significa, descansem, que abominemos mais o Director desse farol da imprensa iraquiana, perdão, portuguesa,  do que o Manuel Monteiro.
P.S. 2 Deliciosa a prosa do Delgado, hoje no DN. Não se pode mander o homem mais a Teresinha das pérolas Costa MacedoLíbia ? O ambiente sempre ficava mais respirável ...
P.S. 3 Na página 4, da edição de sexta-feira, 5 de Setembro, do semanário "O Independente" sob o título de "Paraíso imobiliário", o jornalista Luís Rosa analisa o negócio dos terrenos do Vale do Galante numa prosa que começava assim ...

"Esta é a história de como a inacção de um Presidente da Câmara pode provocar uma mais-valia de 229 mil contos a um grande grupo imobiliário em menos de 24 horas. Duarte Silva, presidente da autarquia da Figueira da Foz, o grupo Amorim e uma empresa local de construção são os respectivos protagonistas. Como actores secundários temos o major Valentim Loureiro, o presidente da União de Leiria, João Bartolomeu e o actual chefe de gabinete de Santana Lopes na Câmara de Lisboa e ex-vereador da autarquia figueirense, Miguel Almeida de seu nome. No centro da história um terreno municipal"


Publicado por Manuel 23:52:00 0 comentários Links para este post  



Moby Dick


«O meu avô atravessou todas as ondas
Cruzou as monções e arpoou as baleias
Cantava de noite uma canção mágica
Que chama às redes os bandos de moreias

Contou-me histórias de grutas azuís
Onde as medusas estão de guarda às maresias
E de mulheres como estátuas de sal
Para sempre à sua espera em praias vazias



O meu avô amuou a baleia branca
Por ela se foi perder nos dentes do mar
Mas deixou um mapa no meu travesseiro
Para quando também eu já não quiser voltar

Só eu conheço o rumo do norte
Que atravessa os olhos verdes das sereias
Até às baías de cristais de gelo
Onde em segredo se vão amar as baleias»

«MOBY DICK», Avenidas, 1996
Letra: Clara Pinto Correia
Música: Rui Veloso

Publicado por André 22:38:00 0 comentários Links para este post  



Finalmente, Nedved

Depois de ter ficado em quarto lugar no Prémio FIFA, atribuído pelos seleccionadores nacionais, Pavel Nedved viu, finalmente, reconhecido o ano fantástico que teve e venceu a Bola de Ouro 2003, distinção atribuída pela revista France Football.



A seguir ao Prémio FIFA, a Bola de Ouro é a distinção mais reconhecida inernacionalmente. Nedved chega, assim, ao topo, numa altura em que, com 31 anos, começava a correr o risco de ver o seu valor permanentemente na sombra.

É, por isso, com grande satisfação que a Grande Loja verifica que, uma vez mais, apostou no cavalo certo...

Nedved é a figura principal de uma República Checa fortíssima, que pode dar cartas no Euro-2004. Na Juventus, é o líder do meio-campo, tendo sido um digno sucessor de Zidane, quando Zizou rumou a Madrid.



Nedved perdeu a oportunidade de jogar a final da Liga dos Campeões, com o Milan. E há mesmo quem garanta que com o checo em campo, aquele título nunca teria escapado à Juve...

Publicado por André 18:22:00 0 comentários Links para este post  

A provar que o maior inimigo da Nova Democracia é o próprio Monteiro está o take da Lusa que baixo se cita. Objectivo, consciso, eficaz ...

Durão participou em casamento «insultuoso»

Nova Democracia diz que luxo e fausto da festa é um insulto aos angolanos
 
O Partido da Nova Democracia (PND) manifestou hoje a sua «indignação» por o primeiro-ministro, Durão Barroso, ter participado no casamento da filha do presidente de Angola, José Eduardo dos Santos, que considerou «insultuoso» para os angolanos.

Na sexta-feira passada, o primeiro-ministro português deslocou-se a título particular a Luanda, em voo comercial, para participar no matrimónio da filha do chefe de Estado angolano.



Em declarações à agência Lusa, a porta-voz da Nova Democracia, Sara Marques, afirmou que o seu partido recebeu com «indignação a confirmação de que Durão Barroso participou mesmo nesse luxuoso casamento, que constituiu um autêntico insulto ao povo angolano».

«Conhecendo-se a situação de miséria em que vive a maioria do povo angolano, esse casamento cheio de fausto só pode ser caracterizado como insulto», frisou a porta-voz do PND.

A mesma dirigente aludiu ainda à recente visita oficial do chefe do Governo português a Angola, «de onde regressou sem nada para os portugueses ou para os angolanos».

Em suma, para a ND conseguir passar uma mensagem, ou outra, basta ter o Dr. Monteiro caladinho e arranjar quem consiga transmitir em Português escorreito uma e uma só mensagem de cada vez ...

Ainda a propósito deste casamento, da filha de um puro cleptocrata, não deixa de ser curioso o silêncio envergonhado de todos os partidos com assento parlamentar (não que dúvidas haja de que se por absurdo a ND estivesse no governo, calava-se como todos os outros : realpolitik oblige).

Publicado por Manuel 17:55:00 0 comentários Links para este post