sobre o desespero...

Alguém, próximo do core deste governo, decidiu colocar o seguinte comentário...

Li o artigo de Mário Lino e um outro que vem ao lado desse.
Esmagam completamente a oposição política, com factos e datas.

Um estudo de viabilidade económico-financeira em detalhe só pode ser feito por privados, pois só eles sabem o que querem fazer do aeroporto. E como o investimento é essencialmente privado, mal parecia que o Estado ou o Governo viessem dirigir a mente dos privados que lá vão investir. Se esse estudo existisse, uma nuvem de críticas cairia em cima do estudo, não por ele estar errado, mas por o Estado se substituir aos privados.

Portanto, na minha maneira de ver, o seu comentário é incoerente, porque critica o Estado por ser dirigista e interventor na economia, e critica o Estado neste caso concreto por não ser dirigista nem interventor na economia, ao não ensinar as contas do novo aeroporto a quem lá vai investir do sector privado.

Seja coerente e diga assim: "não gosto deste governo e do PS, por isso devem ser presos por terem cão e por não terem". Assim evitavam-se embustes partidários.:-)

Desespero, puro desespero, pura má fé, para não falar na mais rasca desonestidade intelectual. Ao governo não se pede que faça os estudos de viabilidade (micro)económia mas que faça os estudos de viabilidade macro estratégica e económica. Ora, está por provar que a Ota tenha ponta por onde se pegue, TAP/Portugália/Hoteleiros/etecetera contestam, e quanto aos privados, excluídos os empreiteiros e especuladores imobiliários assim como a banca, há assim tantos interessados em participar no investimento? há mesmo, onde ? Mais, se o Estado não pode/deve fazer estudos de viabilidade porque isso compete aos privados, então para quê a parceria público/privada ? Porque é que os privados não fazem a coisa sozinhos ? Faz algum nexo uma parceria público/privada onde - na prática - os riscos, demasiados, acabam por ser todos assumidos pelo Estado, i.e. pelos Contribuintes ? Obviamente que não faz. A Ota é mais um exemplo de uma certa forma de fazer política, empiricamente e a olhómetro. Há mais, muitos mais, Ainda por estes dias ficamos a saber que o Dr. Costa vai gastar mais de 500 milhões de €uros no SIRESP, como base em boas (?) intenções, não há estudos, não há nada, tudo a olho. As coisas são o que são, e infelizmente, é verdade, já vêm de trás.

Publicado por Manuel 18:15:00  

1 Comment:

  1. Menino said...
    Ministro Descobre Estudo para a OTA

    http://omeninonaopresta.blogspot.com/

Post a Comment