Confesso que cada vez menos tenho ilusões, se algumas vez as tive, e muito menos heróis. É concerteza da idade e dos cabelos brancos. Alguma direita escandalizou-se, ou talvez, não com o apoio do Prof. Freitas do Amaral ao PS e o seu apelo a uma maioria absoluta do Eng. Sócrates. Confesso que o assunto não me atrai, afinal o homem só vale um voto. Não me interessa, pois, saber que o Prof. Freitas apoie desinteressadamente o Eng. Sócrates, é mais um; mas já me interessa, e muito, em nome da clarificação, saber se o PS, depois de ganhar as eleições e formar governo, vai apoiar, sem mais, o Prof. Freitas, ou melhor os interesses que o Prof. Freitas representa como front-end da Petrocontrol, na luta pelo controlo da GALP, agora que tudo pode, ou não, voltar à estaca zero. Sou um cínico, já sei.

Publicado por Manuel 21:30:00  

1 Comment:

  1. Marta said...
    Cínico, a roçar o patético, às vezes!

Post a Comment