Testemunhas, precisam-se!

Há mais uma testemunha qualificada no processo de sindicância à promiscuidade dos magistrados do Ministério Público da província, com o poder autárquico, denunciado por Saldanha Sanches.

Marinho e Pinto, o bravo advogado da província, sabe de tudo e confirma:

Lisboa, 05 Jun (Lusa) - O candidato à Ordem dos Advogados António Marinho Pinto concorda com as afirmações do fiscalista Saldanha Sanches sobre a ligação entre autarcas e magistrados do Ministério Público, adiantando que em tribunal os magistrados se portam como funcionários autárquicos.

Publicado por josé 13:20:00  

2 Comments:

  1. Tortor said...
    Não há qualquer coincidência no facto de esta patética figurinha do Dr. Marítimo, digo Marinho, convergir em opinião com o Dr. Sanches?
    Dr. Assur said...
    José António Barreiros baralhou as voltas ao mediático Saldanha Sanches. Felizmente Sanches, num acesso de boa vontade, mostrou-se disponível para ser ouvido pelo Conselho Superior do Ministério Público, situação que para o comum dos cidadãos seria obrigatória. Como não estamos perante um crime mas sim perante uma violação do dever deontológico do Ministério Público acrescido ao facto de Saldanha Sanches não precisar fazer prova das suas acusações, provavelmente os “julgadores” vão reconhecer “valor académico e jurídico” às acusações do fiscalista.

Post a Comment