Estão abertas as inscrições.

Mais vale ser um cão raivoso
do que um carneiro
a dizer que sim ao pastor o dia inteiro
e a dar-lhe de lã e da carne e da vida e do traseiro
mais vale ser diferente do carneiro
um cão raivoso que sabe onde ferra
olhos atentos e patas na terra.
Sérgio Godinho.

"Porque a questão do currículo do primeiro-ministro foi enterrada sem ter sido esclarecida ( quando o que estava em jogo era a autoridade moral de alguém que quer criar uma nova moralidade e racionalidade nos comportamentos dos portugueses), Não houve inscrição,nada sucedeu e o (pouco) protesto que se levantou foi abafado. Duplo-esmagamento que cria mais obediência irracional e passiva. Não é assim que se fomentam espíritos livres. À força de não inscrever em nome da vontade de inscrição, à força de segregar mais obediência quando se diz querer mais criatividade e inovação, de produzir mais confusão, irracionalidade em nome da racionalidade da modernização, esquece-se que só existe invenção, inovação, produção criativa deixando margem para o imprevisível, o inavaliável, a irrupção da singularidade. Só deixando passar o vento e a força do acaso nascerão os técnicos inventivos, os cientistas de ponta, os talentos na indústri, nas artes e no pensamento."

José Gil, na Visão de 3.5.2007

Publicado por josé 10:29:00  

1 Comment:

  1. mariasimplesmente said...
    Longe vão os tempos em que os cães eram raivosos, simplesmente.Hoje, estão catalogados por lei como perigosos e têm por destino o abate , quando mordem ... (DL nº 312/2003, 17.12).
    A questão impõe-se : é mesmo preciso ser engenheiro? Afinal é só preciso governar...
    Não se pode perder o humor, pois não é que seja irrelevante conhecer das habilitações para a coisa pública, mas está claro que a política é sempre um caso de paixão e na paixão, as pessoas são para aceitar tal como são, não é, nem fica bem exigir muitas definições para não magoar...
    Assim se vai andando neste cantinho à beira mar plantado...
    Bem haja, José, bem haja!

Post a Comment