jogos de espelhos

Publicado por Manuel 18:37:00  

1 Comment:

  1. Arrebenta said...
    Eh, pá, é assim
    Pá, eu estou farto desta merda!...
    Fartei-me.
    Cheguei hoje à noite e acho que esta merda tem mesmo de ser revirada do avesso!...
    O "Braganza" aumenta as visitas diariamente, e o discurso vai-se radicalizando, mas o problema não está no discurso, porque o discurso é uma mera consequência da farsa que estamos a viver diariamente.
    Eu fartei-me.
    Juro, fartei-me,
    e aí vai disto.
    Proposta:
    Iniciar aqui uma corrente de Blogues, subordinada ao tema: "AS DEZ MELHORES IDEIAS PARA CORRER COM ESTES GAJOS RAPIDAMENTE DE CENA!...

    Regulamento: Cada blogue escolhe cinco blogues seus vizinhos, para espalhar a propaganda, referindo a sua origem, "The Braganza Mothers".
    O convite é deixado na caixa de comentários do 'ultimo post de cada um dos cinco blogues seleccionados
    O desafio é breve e deve repetir apenas o pontapé de arranque do concurso,: lançando a frase escolher "AS DEZ MELHORES IDEIAS PARA CORRER COM ESTES GAJOS RAPIDAMENTE DE CENA!..."
    As ideias a concurso deverão ser deixadas nas caixas de comentários deste post, e das suas réplicas, em cada um dos blogues.
    A seu tempo, se abrirá uma caixa de votações, para levar a cabo a ideia.
    Propõe-se para data limite o dia 25 de Abril de 2007, único dia em que, durante 100 anos, os Portugueses do séc. XX conseguiram fazer qualquer coisa que se visse.
    Muito Obrigado

    Os blogues escolhidos por mim, desculpem lá, não vos consultei, há outros que poria aqui, de bom grado, como o "Geração Rasca" e o "Braganzónia", são os seguintes, e é lá que vou copiar este post, tarda nada:

    http://doportugalprofundo.blogspot.com/

    http://wehavekaosinthegarden.blogspot.com/

    http://xatoo.blogspot.com/

    http://jumento.blogspot.com/

    http://grandelojadoqueijolimiano.blogspot.com/


    Marcadores: Acordar Mudar esta merda, correr com estes filhos da puta, limpar o cenário, mostrar tomates e mamas, Pontapé no cu, Recuperar a dignidade

Post a Comment