Como diria a Dona Constança: "Habituem-se!"

"De acordo com a leitura que faço dos poderes presidenciais inscritos na Constituição, considero que o Presidente da República deve acompanhar com exigência a acção governativa e deve empenhar-se decisivamente na promoção de uma estabilidade dinâmica no sistema político democrático", Cavaco Silva, discurso de tomada de posse como Presidente da República, 9 de Março de 2006.


Depois há esta passagem do texto da Lusa (aqui) que fornece mais um sinal: O Presidente da República alertou que a estabilidade política - valor que defendeu durante toda a campanha - "não é um valor em si mesmo" nem se pode "confundir com imobilismo".

Isto dito num contexto político em que há uma maioria parlamentar de um só partido tem o seu significado. Se tem....

Publicado por Carlos 17:07:00  

4 Comments:

  1. Illdependent said...
    Atenção á data
    maria said...
    Isso, a data. Também reparei logo. E são 22.17 neste momento e certamente por lapso, vocês ainda não a alteraram, sendo que o comentador de cima vos alertou para o facto às 17.35.

    Maria
    Carlos said...
    Está corrigido...Sou um preguiçoso. Só agora é que me deu vontade...
    KAnahory said...
    Espero bem que sim. E que Cavaco seja um Presidente atento e justo, como eu acredito que vai ser. E intervenha quando for necessário e não para beneficiar certos partidos como o fez o anterior PR.

    www.makjeitemoces.blogspot.com

Post a Comment