Para pensar


A evolução das despesas públicas e a problemática da não reforma da administração pública ilustram particularmente bem os erros da política de Cavaco Silva. Às suas passagens pelo governo corresponderam os maiores aumentos do peso da despesa corrente primária a que assistimos nas últimas décadas. No período 1986-95, o acréscimo foi de 5,3 pontos percentuais relativamente ao PIB, contra 3,3 entre 1996 e 2001.
E há mais ... aqui.

Publicado por irreflexoes 17:58:00  

1 Comment:

  1. chuta po tecto said...
    É notório o favor político.

    Consulte outras fontes.

    Leia com atenção e com a massa cinzenta toda.

    Foram análises deste tipo que nos puseram onde estamos.

Post a Comment