Sui generis

Só mesmo para a esquerda o incesto é cultura.

Publicado por Nino 12:14:00  

11 Comments:

  1. zazie said...
    o marquês de Sade era de esquerda ou é a azulejaria?
    zazie said...
    mesmo sem saber mais era capaz de dizer que não me interessava absolutamente nada um treta dessas como nunca me interessou o Sade agora meter a martelo o lado para que não me interessava...

    isso não será paranóia?
    lv said...
    pensva que era uma ideia monarquica ultrapassada
    JN said...
    Oh meu amigo, desde que o alterne passou a ser desígnio nacional, vale tudo.
    xatoo said...
    “Não há comparação nenhuma entre quem foi para a guerra de África e os que estão a fazer esta guerra no Afeganistão. Nós fomos porque éramos obrigados, estes vão porque são mercenários. Estão lá porque querem, para ganhar dinheiro”

    Carlos Pinto Coelho (24 Horas 20/11)
    ovo de colombo said...
    Uma maravilha este comentário de Ninno. Se incesto é cultura para a esquerda, bem se compreende o apoio sistemático a Cavaco: o homem, que não é de esquerda, ainda anda à procura do bolo-rei perdido...e suspeita-se que seja de direita, sobretudo por causa das passas..
    Pedro silva said...
    Um comentário apenas e só imbecil.
    Agora os gostos já se discutem e se impõem?
    Já existe ditadura do gosto?
    Se azulejaria fosse de inspiração opus dei com arvores de natal folheadas a negro e padres a a rezar já era bela?
    Só para dar um exemplo?

    Querer discutir e impor gostos...francamente...e classificar isso como sendo a ""esquerda""?!?!? - que tristeza.
    E registo com intenso agrado que quando os governos de direita ganham eleições os crimes de incesto, cessam automáticamente.
    Os livros de sade são retirados das prateleiras das livrarias e existe uma intensa mutilação na azulejaria citadina e campestre.

    Aliás, todos nós, quando saimos de casa pela manhã, a primeira coisa que procuramos ao senhor da pastelaria onde tomamos café é se ele se sente incomdado com a azulejaria "sadiana" implantada por toda a cidade.
    Mas é que não pensamos em mais nada.
    Comités de sábios reunem -se até altas horas da noite para dissertarem longamente acerca deste maleficio da argila.

    Uma pergunta: não era melhor um post cretino anti bloco de esquerda?
    Sempre disfarçava a indigência mental de quem posta coisas destas.
    Em portugal existem muitos psiquiatras de consultório aberto para tratar taras sexuais de infancia que envolvam azulejos e argila.
    zazie said...
    um caso de trauma-argiloso, enfim ":O))))

    eu por acaso nestas coisas acho que mais vale ser básico radical- não vi e não gosto ":O)))

    e detesto o BE porque sim ahahaha
    diogenes said...
    Sexo e violência, zazie à presidência!!!

    eheheheh
    Luís Bonifácio said...
    Para a esquerda, CULTURA é tudo aquilo que desagrade à Igreja (apenas a católica, entenda-se) e à ordem moral estabelecida.
    Teófilo M. said...
    Este rapaz é exemplar, salvo as excepções habituais, a que estão sujeitas todas as regras, sempre que escreve sai asneira...

    Desta vez lá asneitou outra vez.

Post a Comment