Entretanto, o País continua...

Tentou balear vizinho por «cismar» que este estava a sodomizar o seu gato

Um indivíduo que disparou sobre os vizinhos por acreditar que um deles, homossexual, estaria a sodomizar o seu gato, não conseguiu justificar, esta segunda-feira no Tribunal de São João Novo, no Porto, a razão dos seus actos desculpando-se com «uma fúria» que sentiu, noticia a agência Lusa.

«Não sei o que me deu, cismei para ali», foi a explicação de José C., de 54 anos, perante as questões do juiz, que tentava perceber a relação entre a opção sexual de uma das vítimas e o motivo dos disparos que terão atingido, acidentalmente, uma vizinha.

José C., acusado de dois crimes de homicídio qualificado na forma tentada, terá disparado sobre o vizinho, que havia resgatado o animal que tinha fugido. «Estava a fazer mal ao meu gato», relatou o arguido.

(...)

Pedro Simões, inspector da PJ, contou, citado pela Lusa, que «o sujeito teria tentado resgatar o gato de José C. e este terá interpretado mal essa ajuda pela sua orientação sexual».

«Ouviu o gato a miar e um senhor a tirá-lo de um saco e pensou que estaria a sodomizá-lo», explicou Fernando Mendes, sub-chefe da PSP, também citado pela agência noticiosa, depois de admitir que o arguido estaria embriagado «pelo hálito e pelo discurso».

Publicado por Carlos 19:42:00  

6 Comments:

  1. zazie said...
    ehehehe
    Neo said...
    Pelo sim,pelo não,não deixem fugir o vosso gato para a Assembleia da República...we never know!
    miguel said...
    ...mas acaso ele fuja,disparem primeiro e perguntem depois se o fulano que agarrava o gato era gay!
    fernando said...
    quem acha piada a esta noticia, tem óbviamente a estruturação mental do dono do gato

    abre-se aqui uma excepção para a personagem que dá pelo nome de guerra de zazie, a qual já reconheceu em posts anteriores que é homofóbica.
    Dutilleul said...
    Olha, o Sr. fernando!
    Por aqui?
    Olhe lá, aquilo que o homem disse à polícia foram coisas ditadas pela jeropiga, não foi?
    O Sr. não fez nada ao gato, pois não? Pois não?
    zazie said...
    Quem consegue escrever uma palavra mais-que-esdrúxula só pode ser um Doutor-óbviamente

Post a Comment