A segurança da soberania

Vital Moreira- sempre ele, sempre o mesmo- acaba de sugerir um inquérito aos elementos policiais que fizeram a segurança, no julgamento de Vila da Feira, em que dois juízes acabaram agredidos, em plena sala de audiências, pelos arguidos.
Provavelmente, para desviar a atenção do principal: a responsabilidade do Governo ,na ausência de segurança, generalizada e endémica, nos tribunais .

Pelo comentário, denota que não ouviu ou leu o que já se disse sobre o caso e ainda mais: demonstra não conhecer como funciona uma audiência em tribunal penal.

Provavelmente, ainda vai alvitrar que a culpa foi dos agentes que não algemaram os arguidos...

Publicado por josé 17:31:00  

3 Comments:

  1. JLS said...
    É, os académicos de Direito estão, regra "geralíssima", alheados da prática. Mas não pode não saber isso. Enfim, como escreve: "sempre ele, sempre o mesmo".
    lusitânea said...
    Por acaso já mais do que um cadastrado acabou abatido a tiro(e outros fugiram) por os nossos "humanistas" das totais garantias não copiarem o sistema americano das algemas e correntes nos pés...
    josé said...
    Nos julgamentos dos padrinhos da Mafia, usaram jaulas. Mesmo jaulas, de ferro e com portas fechadas a cadeado.

    Há fotos do Totó, nesses preparos.

    Por cá, o porreirismo ambiente, dá nisto.

Post a Comment