PS.sa1


Está tudo no Público de hoje - numa peça histórica de José António Cerejo.

Devia chegar, mas não chega. Um destes dias ainda vamos ter um qualquer pato (domesticado) do regime a dizer que tudo não passa/passou de uma ' poderosa e orquestrada contra-informação, que, quase sempre a coberto do anonimato', invadiu 'órgãos de comunicação social', a qual 'não conseguirá impedir o Governo (e o Ministro da Justiça)(...)' As coisas são o que são.






1 Títulos alternativos poderiam ser - 'Eurominas 2.0', ou 'Aventais Associados'

Publicado por Manuel 11:09:00  

5 Comments:

  1. Observant said...
    parabens pelo blog.

    visitem: http://santothyrso.blogspot.com/
    josé said...
    Na Espanha dos anos oitenta-noventa, apareceu a cultura do "pelotazo".

    Esperemos que por cá, fiquemos pela cultura da "chico-espertice".

    Esperemos...
    Sérgio de Almeida Correia said...
    Este comentário foi removido pelo autor.
    Sérgio de Almeida Correia said...
    Não me diga que também emprenha pelos ouvidos? Já leu o Público de hoje? Compadrio e clientelismo em concursos públicos com propostas por carta fechada... Se a empresa classificada em segundo lugar, por acaso um qualquer banco da nossa praça ligado aos meios financeiros de direita, destes que se davam bem antes com a outra senhora e depois ficaram ainda melhor com o bloco central, tivesse ganho com uma proposta 7% abaixo da vencedora teria sido normal não? Seria bom que o Público, já agora, divulgasse a lista dos concorrentes e os valores oferecidos pelo negócio. Isso é que ficaria bem num jornal de referência. E seria serviço público, depois da trampa que publicaram e que só serviu para atirar lama para cima dos visados.
    Tino said...
    O País tem o que merece.
    Apesar de tudo o que se vai passando, o engenheiro de diplomas feito continua em grande nas sondagens.
    Se é isto que querem, é isto que têm!...

Post a Comment