Pérolas do Marinho

O bastonário Marinho e Pinto, acabou há momentos a sua entrevista a Judite de Sousa, na RTP1.
Algumas passagens, quase ipsis verbis, mas de sentido exacto, tendo presente o sentido da liberdade de expressão, para Marinho e Pinto:" não é o direito de estar calado, ou de elogiar; é sobretudo o direito de denunciar."

" Pessoas que sairam há duas décadas e até um pouco mais das suas terras, sem meios de fortuna, e agora ostentam grandes meios financeiros". Esta, é tão directa que até dói. Foi ministro e avisou, jubiloso, que o era, quando o foi...
Mesmo assim, Marinho assegurou durante a entrevista que não ia dizer nomes, nem fazer denúncias criminais, porque isso não lhe compete a ele, mas sim ao MP e às polícias.
Sobre estas entidades, não poupa nas palavras:

"A minha denúncia foi política. O MP é o principal responsável pelo arquivamento dos processos. Não tenho em meu poder elementos que possam ser úteis á investigação."

"O MP em Portugal, faz muito espectáculo para a comunicação social. E a PJ também. O MP não faz a perseguição de crimes que deveria fazer. As cadeias estão cheias de pobres....a PJ está em roda livre. Depende mais do governo ( que nomeia as chefias) do que do MP. E a lei diz que depende funcionalmente do MP, portante em relação a quem tem a titularidade da acção penal. "

"A PJ é que faz a hierarquização dos crimes".

Em relação aos grandes negócios do Estado, diz Marinho e Pinto:

" Há contas na Suíça de ministros que depois, afinal, são de familiares"...
" O Secretário de Estado que saiu agora [ Amaral Tomás], diz que há fraude fiscal nos grandes grupos económicos."


Finalmente, para compor o ramalhete, Marinho e Pinto, estraga a pintura toda, ao falar sobre o processo Casa Pia. Para Marinho e Pinto esse processo é a prova de uma cabala, de uma conjura, em que apresenta o antigo director da PJ, o juiz Adelino Salvado ( um dos que interveio no caso das FP 25, é bom lembrar, mas que Marinho não cita, porque "não cita nomes"), como a prova última cabala por causa das escutas telefónicas publicadas em que o mesmo falava abertamente com um jornalista do Correio da Manhã. Marinho e Pinto, acha que o processo Casa Pia serviu para "esfrangalhar o PS".
E aponta como é que se descobriu a cabala ( palavra que não usou, mas abusou intencional e objectivamente): "E depois veio a saber-se como é que estas coisas vieram para os jornais, com as gravações do antigo director da PJ".

Marinho e Pinto, saberá o que diz, sobre isto? Lembra-se exactamente do que foram as tais conversetas telefónicas do juiz Salvado, sobre o assunto? Recorda-se da matéria totalmente inócua a esse propósito e que nem sequer constituiam qualquer violação do segredo de justiça?

Marinho e Pinto, sobre o processo Casa Pia devia estar calado, porque fala do que aparentemente nem quer saber. Sabe apenas que serviu para "esfrangalhar o PS". Para dizer isso, já há gente a mais, a começar pela Ana Gomes e acabar naqueles que fizeram a reforma das leis penais. Gente interessada e despeitada pela alteração do equilíbrio político-partidário e que nunca perdoou a quem agiu profissionalmente e com a honra do dever a cumprir, sem dar atenção aos poderes que estavam ou que viriam a estar: Souto Moura.
Se as declarações de Marinho e Pinto, sobre a corrupção, assentam nas mesmas bases com que se pronuncia sobre o processo Casa Pia, pode muito bem dar uma volta ao bilhar grande.
Bugiar, é o termo corrente, porque a credibilidade que merece, assente no conhecimento da realidade, aproxima-se do zero.

Ora bolas, Marinho e Pinto.

Publicado por josé 21:41:00  

14 Comments:

  1. RockyBalbino said...
    Também estava a achar fartura a mais. O povo já estava a levar este amigo em ombros, mas afinal...
    osátiro said...
    A montanha pariu um rato...
    As acusações tipo " sabem do que estou a falar", genéricas, cheias de suspeições não concretizadas, pelos vistos dirigidas aos mesmos quadrantes políticos.
    E agora a defesa descarada da cabala!!!
    Então, porquê afastaram Rui Teixeira, não o deixam depôr contra Paulo Pedroso, as acusações não rebatidas de Catalina, as alterações do célebre artº 30º,etc.
    Marinho perdeu toda a credibilidade!
    xatoo said...
    ao Rui Teixeira não o deixam depor para não estragar o ramalhete. O essencial foi feito em tempo, e agora não seriam admissiveis quaisquer upgrades que pudessem eventualmente estragar a primeira impressão que foi transmitida ao público - ou seja, que o caso CasaPia não teve nada a ver com a destruição deliberada da direcção de centro esquerda do PS. Fez parte do golpe do Barroso no alinhamento com os ultras de Washington.

    ps - áh é verdade, e há comentadores que não perdem a imbecilidade.
    josé said...
    xatoo:

    Go ahead! Demonstre lá essa cabala. Força na tecla.
    Nem precisa de provas. A mim, bastam-me argumentos convincentes.
    Laoconte said...
    Tudo foi uma cabala, sim senhor.
    Desconfio que, ao praticarem os tais actos vis não em nome individual, mas sim como membro do seu partido, os suspeitos desse caso aliaram-se com os adversários políticos para lixarem o seu próprio partido. Mais, fizeram em grupo para dar mais enfâse à côr partidária.
    zazie said...
    em grupo e fila indiana que havia muitos à espera

    ":O)))
    Laoconte said...
    fila indiana formada segundo o critério de "antiguidade é um posto".
    daí que o partido se destacou tanto pela negativa.
    Jorge Oliveira said...
    Esfrangalhar o PS !? O PS tem muito de que se queixar com o Processo Casa Pia …

    Atente-se bem no "drama" do Ferro Rodrigues (FR) e do PS:

    FR é avisado pelo Saldanha Sanches, marido de Maria José Morgado, procuradora. O costumado "inside trading" que favorece sempre o PS. Pertencem todos à velha tertúlia dos intelectuais de esquerda. Em novos discutiam muito uns com os outros. A idade aproxima-os.

    FR diz que queriam decapitar o PS, mas os resultados quais foram? Vejamos:

    Toda a gente sabia que FR não tinha jeito nenhum para liderar o PS, um dos principais motivos por que Jorge Sampaio aceitou o Santana Lopes como primeiro ministro, sem eleições. Assim que FR se demitiu e o PS elegeu o novo líder, Sampaio demitiu o Santana, convocou eleições e…, bingo, o novo líder do PS, José Sócrates, ganhou com maioria absoluta.

    FR deixou a liderança do PS, mas como compensação foi para embaixador junto da OCDE, um lugarzinho que deve ser remunerado "ligeiramente" acima do salário mínimo nacional...

    Esfrangalhar o PS? Estão a brincar connosco.
    outromanuel said...
    Expliquem-me como se eu fosse o Dr. Márinho(para se ler como exdrúxula tem de levar acentuação no a): se houve alguém que lucrou com a decapitação das marias antonietas não foi o Sr. Eng. assina projectos de + Pinto de Sousa? Se as decapitadas voltarem, cruzes canhoto, o Dr. Márinho ainda vai a ministro!
    portolaw said...
    E não se esqueçam da mãozinha do presidente, que nunca se deu com o FR, nisto!
    Digam lá se ao verem o que se passou não se lembram logo do crime no expresso do oriente?
    rb said...
    Ah grande Marinho! A dar nomes a alguns bois.
    Ana Q. said...
    Será bom ir ao site da Ordem dos Advogados e ver o que tem dito o bastonário nas várias cerimónias de tomada de posse dos Conselhos Distritais espalhados pelo país. Devo dizer que saí arrepiada com tanto disparate demagógico. Se alguém aqui terminou o curso de direito, é melhor tentar fazer qualquer outra coisa. O estágio vai ser uma trampa (já era, mas agora vai ser pior). Se algum leitor está a tirar o curso de direito, seja inteligente e mude para outra coisa qualquer... Quem ja está nisto, pense duas vezes antes de votar em 2009. Votaram num fulano do PS na esperança de um tipo da "cor" poder acelerar o pagamento das oficiosas?! hahahahahahahaha! Suckerssssss!
    KILAS said...
    Dr. Marinho Pinto:

    São asneiras como as que acabou de dizer na entrevista que NÃO LHE DÃO NENNHUMA CREDIBILIDADE...

    Tentaram decapitar o PS com o processo Casa Pia?

    Mas o que o Dr. queria?
    Que as crianças fossem enrabadas e se calassem....

    Enquanto Bastonário da Ordem dos Advogados não deveria estar mais preocupado com o facto de o julgamento do dito processo Casa Pia já ir em 4 anos?

    O que é que a PJ fez de mal?

    Não seria melhor vir falar dos meios que não têm?

    E o Mº Pº que, segundo diz, agem como se fossem uma magistratura. Mas não são uma Magistratura? Preferia que agissem por ordem do Sr. Director Geral, acusando ou arquivando conforme as conveniências?
    No processo Casa Pia, o Mº Pº deveria ter logo arquivado o processo quanto aos poderosos e acusado apenas o Bibi?

    Confesso que fico estupefacto!...

    V. Exª, tão depressa fala duma matéria importantíssima como é o caso da CORRUPÇÃO, como depois e vá-se-lá saber porquê, diz uns disparates...

    VALHA-O DEUS!...
    lusitânea said...
    O PEDROSO JÁ GANHOU NA SECRETARIA 800000 EUROZINHOS...PENA TER QUE OS LARGAR PARA AJUDAR OS COMPAGNONS DE ROUTE...

Post a Comment