uma constatação

Na RTP, em directo das terras de Sua Magestade, Sandra Felgueiras denota sair manifestamente à mãe. É fogo!

Publicado por Manuel 23:26:00  

7 Comments:

  1. josé said...
    A "menina" Felgueiras é a anti-jornalista por excelência. O exemplo que nenhuma televisão devia seguir.
    Paulo said...
    mas que fez um brilhante documentário sobre Cuba, e além disso, muito bonita ;)
    As setas said...
    É um bocado histérica, mas é uma boa repórter, do melhor que a RTP tem.
    zazie said...
    Completamente histérica nas inventonas.
    zazie said...
    Mas admito que podia dar uma hooligan chauvinista boazona
    Luis said...
    Tão arisca que a moçoila é, não me importava nada de a submeter, ia dar-me um grande gozo vê-la mansinha.
    Zé Luís said...
    Jovem, pode moderar certos impulsos, mas parece-me do melhor que alguma tv em Portugal apresentou em matéria de repórteres.
    Além de bonita, o que não é um favor mas dá muito jeito, tem voz, bem colocada. No caso em apreço, fala muito bem inglês e, ao contrário da maioria dos jornalistas que se "perdem" no estrangeiro, é fundamental saber línguas, saber falar e saber ouvir e interpretar, para dar conta do recado.
    Parabéns a ela. Uma flor num deserto. Tem de eliminar alguns "espinhos", mas com mais experiência e alguns conselhos vai lá e será decerto uma grande referência do jornalismo televisivo, estou convencido disso.

    p.s. só há pouco tempo soube ser filha da Fátima Felgueiras.

Post a Comment