Os apaniguados do sistema

Página de Sócrates na Wikipedia alterada em PC do Governo”, é o título de uma notícia do Público de hoje, a qual, de resto, retoma a descoberta original, publicada no blog Zero de Conduta.

O gesto virtual, feio na ética internética para apagar manchas na putativa brancura da biografia do actual primeiro-ministro e realçar a alvura do perfil , é anónimo.

O que não ficou no anonimato, porque o diabo cobre com uma mão e descobre com as duas, como os apaniguados em comandita já se deram conta, foi o lugar de onde partiu a empreitada: um computador ligado ao Centro de Gestão da Rede Informática do Governo. Os responsáveis não comentam e se comentarem, já se sabe: n-e-g-o.

Quem comentou, acusando-se abertamente de habilidades semelhantes, que no caso serão legítimas porque pessoais e intransmissíveis, foi uma jornalista, adepta da glóra fácil e que colabora num blog que abomina os anónimos que lhes estragam arranjos de conveniências. O comentário, habilidoso, procura desvalorizar a diferença entre a intervenção pessoal, legítima e segundo as regras do lugar, de um visado, na enciclopédia online, associando-a e normalizando-a à intervenção de uma equipa, de um governo, de um país, para edulcorar biografias e apagar referências incómodas, mesmo que nem se tratem de falsidades. É por isso um trabalho institucional, pago pelo erário público e dedicado a proteger a imagem de quem manda. Um trabalho de sabujos? Depende do ponto de vista. Por mim, julgo tratar-se mais de um trabalho de apaniguados, ou seja, de protegidos e sectários. Avesso, por isso, à dissonância e à oposição, confundidas manobras de caluniadores em "campanha".

Na taxinomia própria à facilidade, os da fronda da crítica a este tipo de gente, acoitam-se nos blogs caluniadores, difamadores e de “campanha” e que assim estragam a festa da maioria absoluta, conquistada com habilidades, como por exemplo prometer impostos de pataco, para fustigar as corporações.
Veremos como vai ser quando a festa acabar e os apaniguados tiverem de desmontar a tenda de bugigangas e banhas da cobra, para irem pregar a glória fácil para outra freguesia.

Quem afinal combate, na prática, estes apaniguados, com a técnica que liberta, tornando-se um dos inimigos da mentira e da dissimulação, é Virgil Griffith, cujo perfil se encontra, precisamente na Wikipedia . Merece um louvor público e o reconhecimento de milhões.

Publicado por josé 11:30:00  

7 Comments:

  1. Arrebenta said...
    Está incomodadíssima, a Câncio, mas também já lhe dei a dose na buceta...

    http://asvicentinasdebraganza.blogspot.com/2007/08/sr-scrates.html#links
    Santiago said...
    O que me faz alguma confusão é a infantilidade de muitas das alterações que este "IP address" fez. Por exemplo, alterou a entrada "Bois de Boulogne" para acrescentar o que vai em "bold":

    The ''Bois de Boulogne'' has an area of 8.459 km² (3.266 sq. miles, or 2,090 acres), which is smaller than Monsanto Park in Lisbon, but 2.5 times larger than Central Park in New York City, and 3.3 times larger than Hyde Park in London.

    Isto devem ser miúdos a brincar com a wikipedia... os Snrs Ministros costumam trazer as crianças para S. Bento?
    Arrebenta said...
    Será que também foi um assessor de Sócrates que trocou as imagens?...

    http://asvicentinasdebraganza.blogspot.com/2007/08/cumpra-o-seu-dever-cvico-visite-pgina.html#links
    Arrebenta said...
    Será que Sócrates também irá processar a "Wikipédia"?...

    Leiam

    http://asvicentinasdebraganza.blogspot.com/2007/08/nova-pgina-de-scrates-na-wikipdia.html#links
    rb said...
    E o Vaticano parece que também terá alterado a biografia de alguns santos. Que escândalo!
    josé said...
    rb:

    Com o Vaticano e a questão das biografias dos santos, podemos nós bem...

    Já com este esperto que nos vai governando do modo que se vê, não me parece que assim seja.
    Nezimar Borges said...
    “Caro amigo” . Estou fazendo um trabalho de divulgação pelos principais e mais visitados blog´s do país. Possuo um site independente sobre a trajetória política e social deste que é um ícone da esquerda brasileira, João Capiberibe. Se Possivel ajudar na divulgação, pois precisamos que mais pessoas saibam da vida e da luta deste Amazônida pelas causas sociais e ambientais. Por fim, saber da grande farsa montada por Sarney – inimigo ferrenho de Capiberibe no Amapá - e seus aliados próximos para tirar João Capiberibe do Senado Federal. E que conseguiu a contento.

    Um abraço seu leitor

    Visite ; http://www.historiadocapi.com.br

    Macapá-Amapá-AmazoniaBR
    Nezimar Borges

Post a Comment