Observatório 2008 - Hillary firme, Giuliani vacila


Rudy Giuliani: o ex-mayor de Nova Iorque continua a liderar a média das sondagens no campo republicano, mas não está a conseguir estancar as perdas para Fred Thompson, a nova esperança da Direita religiosa. Rudy transmite uma imagem de liderança, é respeitado pelos eleitores mais urbanos, mas não penetra nos estados mais tradicionais da América, aqueles que deram a vitória a Bush, sobretudo em 2004


Tendências das últimas duas semanas na corrida para as nomeações:

-- Hillary Clinton destaca-se como favorita, não só para a nomeação democrata, mas para toda a corrida. A senadora por Nova Iorque vence em todas as sondagens feitas em Julho, mantendo um avanço de 10 a 15 pontos sobre Obama e ganhando todos os duelos com os republicanos, ainda que por margens reduzidas, quando o opositor é Giuliani ou Fred Thompson

-- Barack Obama dá sinais de uma ligeira retoma, mas continua a uma distância considerável de Hillary. O senador pelo Illinois mantém como principais trunfos os números muito favoráveis nos duelos com os republicanos (ligeiramente melhores do que os de Hillary) e continua a ser o candidato, entre todos os que se apresentaram, que tem melhores níveis de aceitação no campo oposto e menores taxas de reprovação. O problema de Obama é que… o segundo lugar de nada lhe valerá e a verdade é que não há dados que apontem para que esta diferença vá reduzir-se em breve

-- John Edwards não descola de números que não lhe dão hipóteses de sonhar com a nomeação. A estratégia de Edwards é tentar tudo no Iowa e em New Hampshire, onde continua a ter condições de lutar pelo primeiro lugar. Edwards acredita que uma possível vitória no Iowa lhe dará um novo impulso para os outros estados, mas não é isso que as sondagens estão a dizer

-- No campo republicano, Fred Thompson não pára de surpreender. Oficialmente, ainda nem sequer está na corrida, mas já aparece, em alguns estudos, em primeiro lugar. O actor está a aproveitar o estado de desgraça de McCain e as desconfianças em relação à religião de Romney e tem conseguido cavalgar o poderoso eleitorado cristão evangélicos. E, neste momento, não há grandes dúvidas: Thompson está na corrida para lutar pela nomeação e é, para já, o mais sério opositor de Giuliani

DEMOCRATAS
-- Hillary Clinton 37
-- Barack Obama 25
-- John Edwards 11
-- Bill Richardson 3
-- Dennis Kucinich 2
-- Joe Biden 1
-- Chris Dodd 0.5
-- Mike Gravel 0.5
-- Indecisos 20
(Fonte: Zogby)

REPUBLICANOS
-- Fred Thompson 22
-- Rudy Giuliani 21
-- Mitt Romney 11
-- John McCain 9
-- Mike Huckabee 5
-- Sam Brownback 2
-- Duncan Hunter 1
-- Ron Paul 1
(Tom Tancredo e Tommy Thompson têm números residuais, Jim Gilmore desistiu, há poucos dias, da corrida)
(Fonte: Zogby)

Publicado por André 01:31:00  

1 Comment:

  1. rouxinol de Bernardim said...
    Hilary Clinton vai ganhar e mudar a face do velho tio Sam... já basta de republicanismo caduco, já basta de coboiadas sem rumo nos desertos do universo...

Post a Comment