Observatório 2008: tudo à espera de Al Gore

Al Gore: por enquanto, os sinais são contraditórios, mas há cada vez mais sectores na América a apelar à candidatura do vice-presidente de Bill Clinton. De ex-futuro Presidente, com mais 500 mil votos que Bush em 2000, a estrela mundial contra aquecimento global, Gore tem marcado pontos importantes, mesmo sem ter declarado a sua candidatura


Tudo à espera da decisão de Gore. O ex-vice-presidente não pára de subir nas intenções de voto. Mesmo sem estar no terreno, descola de John Edwards e começa a pisar a cauda a Barack Obama.

E tudo isto sem sequer dar grandes sinais que será candidato. Gore vai repetindo que não conta concorrer, mas nunca fechou totalmente a porta. Se avançar, tem já a máquina que apoiou John Kerry em 2004 ao seu dispor - até agora, a equipa de assessores de Kerry ainda não se juntou nem a Hillary nem a Obama.

Há quem acredite que, no momento em que avançar, Al Gore conseguirá colocar-se em posição de discutir a nomeação com Hillary e Obama, fechando a porta aos sonhos de Edwards. Uma outra tese aponta para que o avanço de Gore poderá ser a esperança de Obama passar para a frente, dado que grande parte da transferência de votos para o autor de «Uma Verdade Inconveniente» seria roubada ao eleitorado de Hillary Clinton.

Certo, certo é que a corrida democrata está suspensa, à espera de uma decisão que não poderá adiar-se muito mais. Até ao Outono, ficarão desfeitas as dúvidas...

Últimos números da corrida democrata:

-- Hillary Clinton 33
-- Barack Obama 21
-- Al Gore 20
-- John Edwards 12
-- Bill Richardson 3
-- Outros+indecisos 11
(AP/Ipsos)

Publicado por André 23:59:00  

1 Comment:

  1. Bikoka said...
    Agora entendo a razão deste Antímio de Azevedo made in USA: os discursos dele sobre o aquecimento global é o aquecimento para ser Presidente dos EUA.
    O que vale é que os americanos não são estúpidos.

Post a Comment