quem vier a seguir que apague a luz

Inapelavelmente, desde há decadas, que o bom povo português, dos mais humildes à esmagadora maioria das (pretensas) élites, prefere, em todos os domínios, a ficção à realidade. Adia-se à espera que tudo se resolva com o tempo. Não resolve. Como país - colectivo - merecemos a classe política que temos, e lá no fundo, no fundo, 'eles' conhecem bem quem os elege. E depois, se é possível pôr, sistematicamente, por conveniência, por cinismo, por calculismo, por cobardia, uma nação inteira, do Prof. Cavaco para baixo, a acreditar na carochinha, para quê, estragar o 'sonho', agora ? Quem vier a seguir que apague a luz.

Publicado por Manuel 17:54:00  

1 Comment:

  1. Arid Monk said...
    Esta é muito profunda... não faço a mais pálida ideia do que é que você está a falar...

    Não quer dar à gente mais uma ou duas pistas?

Post a Comment