Mais Direito

Novo blog de especulações jurídicas, colocadas a preceito. Aí se podem ler oportunas intervenções, em campus académicos distintos, e portanto fora das salas, com diligentes postais sobre as Disintilligentsia Juridica.

Publicado por josé 22:30:00  

3 Comments:

  1. JM Coutinho Ribeiro said...
    José: às vezes vou por aí abaixo, e descubro que nem sempre dou continuidade às conversas que eu mesmo despertei. Sei que sabe que não é por mal, é mesmo porque sou distraído. Vou tentar melhorar. Vem a propósito de um post já longínquo sobre a parcialidade vs. honestidade dos magistrados.
    Bom FdS.
    Guilherme said...
    José,

    Fico contente que já tenha visitado o Blog.
    Já deu uma vista de olhos pelo curso da Católica a começar para o ano?
    josé said...
    Caro Coutinho Ribeiro:

    Ao contrário da economia, que obedece a caprichos estranhos, por aqui, é sempre possível a retoma. Vamos lá a isso.

    Comecemos por distinguir qualidades e vejamos a metodologia para a classificação, em primeiro lugar.

    COmo deveremos definir "honestidade"?

    Rectidão de carácter? Probidade? Honradez? Castidade genérica?

    E "parcialidade"? Facciosidade? Dependência geral de ideologias e preconceitos? Partidarite aguda ou assolapada?

Post a Comment