para bom entendedor


ESCUTAS

17 de Abril de 2003

- “O João [Pedroso] ‘tá-me a dizer que o Carlos Cruz já comprou duas capas da Focus." - Simões de Almeida

- “Duas não. Deve ter comprado mais" - Simões de Almeida.

- "Ah.. pois, pois. Comprou-as todas porque ele é um gajo que precisa” - Paulo Pedroso

- “É evidente que isto parece ser uma estratégia de defesa brutal para desacreditar o testemunho das crianças, não é?” - Paulo Pedroso

- "É. Isso é o que me parece (..)" - Simões de Almeida

- “Quer dizer.. mas a estratégia do Carlos Cruz parece ser a de desacreditar tudo, não é?" - Paulo Pedroso

- Desconhecido - "É. É.”

diálogo entre Paulo Pedroso e o juiz Simões de Almeida, em Abril de 2003, citado hoje pelo Correio da Manhã,


N.A. Suponho que ainda não é considerado como passível de ser crime citar um jornal, ou linkar para uma pesquisa no Google....

Publicado por Manuel 20:25:00  

4 Comments:

  1. rb said...
    Crime não é. Mostra é como aqui a GLQL está tão próxima da tabloidização quanto critíca este género de (des)informação.
    Duarte Basílio said...
    Não é crime mas, certamente, o PS e os amigos das crianças têm pena...
    alf said...
    Não, a lama não é natural... http://www.correiodamanha.pt/noticia.asp?idCanal=93&id=206546
    Aplica-se aqui ao tablóide GLQL...
    rb said...
    E será 'passível de crime 'comprar' a revista focus?!

Post a Comment