não foi pior que o país

Manifesta falta de tempo ( que perdurará até segunda-feira da próxima semana) impede-me de tecer grandes considerações sobre a entrevista de Jorge Sampaio, hoje ao DN. E no entanto está lá tudo, até as razões profundas da vitória de Cavaco Silva. Sampaio foi um presidente sofrível, sem rasgo nem chama, que ficará na história por ter corrido com o Dr. Lopes, e nada mais. Aliás, é sobre a ascenção e queda do Dr. Lopes que mais haveria a dizer - afinal a única coisa que não passou pela cabeça ao Dr. Sampaio - então presidente - foi pedir, ou melhor exigir, ao Dr. Barroso, que foi eleito Primeiro-ministro e fugiu para Bruxelas, para ficar. Afinal, e como ele próprio reconhece o que se passou a seguir (à tomada de posse do Dr. Lopes) onde 'tudo correu mal' não foi exactamente uma surpresa para ninguém. Uma última nota para falar de Justiça, área onde Sampaio fez intercaladamente o seu melhor e o seu pior, e registar o tom do seu discurso quanto ao 'envelope 9'... afinal este se calhar é mesmo um escândalo mais que absoluto mas não pelas razões que muitos invocam...

Sampaio foi o que foi mas
, verdade seja dita, ao longo destes anos não foi pior que o país.

Publicado por Manuel 08:56:00  

6 Comments:

  1. Libório said...
    Caro manuel
    Neste caso tenho de estar completamente em desacordo.
    Sampaio foi um presidente com muita categoria na maior parte dos mandados;é bem formado, bem educado, e deu muitas lições de categoria a todos os niveis a este povo atrazado e mesquinho.Claro que falhou naguns casos, mas não invalida o geral.Se bem conheço (e conheço)este novo Presidente não vai chegar nem de longe aos calcanhares de Sampaio,em termos de dialógo é nulo mesmo, e não irá têr uma postura aberta e culta como Sampaio.
    Arid Monk said...
    Também discordo, mas porque acho que Jorge Sampaio foi pior do que sofrível... foi mesmo medíocre!

    Fico à espera dos seus comentários à extraordinária alegação de hoje que, afinal, a dissolução da Assembleia se deveu aos sinais de desagregação na maioria... diz ele agora que o CDS quis a queda do Governo e novas eleições...

    Este homem cada vez que fala dá uma razão diferente para aquela gravíssima decisão. Como ninguém usou este argumento na altura sou forçado q concluir que o quase- quase- quase-ex-Pres andou a escutar conversas privadas...
    Bruno Santos said...
    A manifesta falta de tempo talvez também o tenha levado a uma distorção fundamental. Sampaio não ficará na história por ter "corrido" com Santana Lopes que, aliás, nem sequer existe. Ele ficará na história por ter impedido Ferro Rodrigues de chegar a primeiro ministro.
    rb said...
    Também discordo, apenas para dar um exemplo da injustiça do comentário Manuel, basta lembrar-lhe a histórica independência de Timor.
    maria said...
    Tal e qual! E o Manuel SABE exatamente o que escreveu e porque o escreveu e 90% dos portugueses também. Parabéns por isso.

    Maria
    Cingab said...
    Sim, foi mediocre!...
    Pior do que isso foi um grande aldrabão!
    Mas o seu ar sincero, a sua lágrima no canto do olho, o seu aspecto doente pode enganar muita gente... Mas "prontos", já se foi!

Post a Comment