os novos moralistas

Em relação a este sermão do Carlos Abreu Amorim permito-me recodrar um post escrito em Novembro passado, e que muito o irritou...

Aqui não se escreve para o 'mercado', para agradar a estes ou aqueles, muito menos para as audiências. Ninguém escreve aqui para mandar recados, 'colocar-se no mapa', ou fazer 'resumos' que 'depois' simpaticamente explanará em almoços e jantares aos visados. Não se anda aqui à procura de emprego, muito menos a justificar o emprego. Aqui simplesmente debate-se, e opina-se, tão somente, deixando ao leitor sempre o juízo final, nunca nos pretendendo substituir à cabeça dele. Não pertencemos a nenhuma seita ou capela, nem sequer temos grandes afinidades ideológicas entre nós - a unidade esgota-se no inconformismo e no espirito reformista - e talvez por isso 'irritemos' tanta gente. Aqui escreve-se por prazer e não para ter 'sucesso'. Dito isto, e sobre as tais 'audiências' já disse em tempo oportuno o que achava. Valem o que valem, se valem alguma coisa.

Uma última nota, diversa mas não tanto, sobre a questão do 'anonimato' nos blogs. Acontecimentos recentes, naquele que já foi classificado, pelo Rui Costa Pinto, como o 'post mais vil e ordinário de todos os tempos', demonstraram à exaustão que a classe, e o nível, e a credibilidade, não tem nada, rigorosamente nada, a ver com o facto de se assinar, em formato de blog, ou não com o nome de baptismo completo, ponto.

O 'post mais vil e ordinário de todos os tempos' a que se referia o Rui Costa Pinto foi da autoria, imaginem só, do agora professor de moral Carlos Abreu Amorim, e motivou aliás deserções no Blasfémias. Não era um post político, foi um (no link provided) puro e vil ataque (pessoal) à vida de Constança Cunha e Sá, então fora das lides blogueiras. Para finalizar, tenho pena pelo Dr. Pacheco. É azar a mais, mesmo para ele, estar a ser 'defendido' por quem está, e logo com os argumentos que está. Mas que querem, cada um tem os apoios e os 'amigos' que merece.

Publicado por Manuel 20:13:00  

8 Comments:

  1. Anónimo said...
    Já aqui, só se apresentam apoios e amigos de elevadíssimo calibre!
    zazienometro said...
    este sujeito devia era andar encapuçado por uma questão de defesa paisagística
    timshel said...
    parce-me que o CAA apenas se quis pôr em bicos de pés

    existia neste momento uma guerra de posts entre o espectro, o JPP e a grande loja (os três blogs com maior audiência)

    vai daí ele resolve "administrativamente" tentar entrar no clube :)
    Anónimo said...
    nao vejo nenhuma guerra porque o JPP nao responde nunca aeste tipo de "guerras" e deixa-os a falar sozinhos

    o CAA paga o preço de defender o JPP e suscitar o habitual coro de mediocres que lhe querem fazer pagar caro a ousadia

    já agora: os magistrados deste blog sentem-se bem na sua pele a distribuir boatos sobre JPP, o JMF, o proença de Carvalho etc? j+a sei a resposta porque sao eles os autores dos posts anonimos
    Anónimo said...
    MAGISTRADOS ANÓNIMOS A LANÇAR BOATOS.

    E depois o 24 horas é que é tablóide!

    Deve haver um artigo no Código Penal para isto...
    timshel said...
    "o JPP nao responde nunca aeste tipo de "guerras"

    caro anónimo

    pois não; inicia-as (mas é só com blogues de grande audiência - como este - que o senhor é fino, não se mistura com a ralé) aliás basta ver ainda anteontem aqui:


    http://www.abrupto.blogspot.com/2006_02_01_abrupto_archive.html#114009079143660282
    Anónimo said...
    Quem é CARLOS ABREU AMORIM ??? O nome não me diz mais do que "Manuel"... Quanto à consistência dos argumentos de um e de outro, aí noto uma diferença ...
    pinguim said...
    não vivemos numa sociedade democratica e livre. o anonimato contina a ser uma forma de nos exprimirmos livremente.

Post a Comment