O admirável mundo novo


São 22 horas e o Pedro Correia produziu 19 posts. Parabéns amigo e continua em força. Eis um pequeno exemplo da narrativa que busca o infinito partindo de uma análise pragmática do quotidiano, em que os dramas da civilização mundial são tratados com uma brilhante acuidade, pincelada com laivos de ironia (bem...alguém nos comentários que explique isto):.

- A-tchim!
- Mau, mau. Não me digas que estás com a gripe das aves.
- Se calhar estou mesmo. Ontem comi arroz de pato...
- Não me digas. Se calhar por isso é que tenho esta terrível dor de cabeça. Ontem comi galinha de cabidela.

Publicado por Carlos 22:07:00  

2 Comments:

  1. tina said...
    Assim, sem conhecer o Pedro Correia, é difícil de comentar...
    Pedro Correia said...
    Não é boa altura para me conhecer. É que não me sinto lá muito bem. Comi frango de churrasco...

Post a Comment