Eu não resisto

a escrita desconstrutivista que o dr. Pacheco Pereira efectivamente merece que lhe esfreguem na arrogância.

Publicado por irreflexoes 06:40:00  

9 Comments:

  1. Anónimo said...
    O vosso problema é que o Dr. Pacheco Pereira é arrogante porque pode ser pode ser arrogante.
    Isso é isso é que vos mói a todos. Neste blogue e não só. Aqui, já quase todos o reconheceram. Irrita-vos pronto! Têm inveja! Maça-vos que vos cite pelas piores razões. Ainda por cima, as vossas audiências devem aumentar quando ele vos linka.

    O Dr. Pacheco Pereira tem o lugar e a influência que tem e é ouvido por toda a gente, porque estuda, trabalha, sabe do que fala, é coerente, inteligente e sério. Dá o nome e a cara pelas coisas em que acredita. E não contemporiza com anonimatos, mediocridades e ignorâncias.
    Em vez de dizerem que o Dr. Pacheco Pereira é arrogante ou que vos irrita, conquistem um lugar igual ou melhor, se conseguirem. Isso é que era obra!
    pepe said...
    idem,idem!
    irreflexões said...
    Caro Anónimo,

    Essa associação de anonimatos, mediocridades e ignorâncias é um bocadinho abusiva, não lhe parece?

    A ser válida eu próprio o acharia medíocre e ignorante, n'est ce pas?

    Poderia ter reparado que o texto nem não é meu, que é citado por piada e que é uma frase que me pareceu escrita de tal forma que pressupõe uma determinada atenção na leitura, caso contrário não se percebe.

    Nada disso lhe captou a atenção, certo? São maneiras de estar e de ser.

    Quanto ao aumento de visitas, olhe que não, meu caro, olhe que não!
    Grunho said...
    Caro Anónimo
    Olha que o JPP não vai poder contemporizar contigo
    jjoyce said...
    que se Hà-de fazer: a mesquinhez dos tacanhos espraia-se em blogs como este: a dor de cotovelo é grande: a imagem do sapo que olha para o boi com inveja da sua grandeza e inspira, invcha, inspira, incha...até rebentar!
    O Bom Selvagem (zombie) said...
    Por acaso considero este blogue como uma faceta normal da liberdade de expressão (que JPP tanto apregoa).

    Essa liberdade passa também pela mensagem não ter necessariamente ponderada pela credibilidade da fonte, mas sim pela credibilidade e fundamentação da argumentação.

    Não considero a Grande Loja mais ou menos fundamentada que qualquer outro blogue e tem textos muito interessantes e outros nem por isso.

    Não é a minha cup of tea, especialmente os bolds um bocado ameaçadores, parece que em vez de escrever para mim, estão a ralhar comigo. A Helena Matos consegue isso sem precisar de bolds.
    Fica aqui a sugestão. Menos bolds.
    pepa said...
    Não há paxorra para aturar o Pacheco!
    Anónimo said...
    Este link do Irreflexões é uma evidência factual da Oitava Lei do Abrupto: o lixo atrai o lixo.

    O anónimo das 16h24
    Anónimo said...
    invejosos.

Post a Comment