a 'passerelle' e o retrato de um país

A 'cadeia' de 'bares' de strip 'Passerelle' era um dos símbolos do Portugal moderno, descomplexado, sem tabús. Nos media as 'meninas' enchiam desde as noites da SIC/radical até aos programas do Herman, na SIC generalista, com uma 'artista', mestrada em biologia, a acabar 'estreloide' dos reality shows da TVI. Neste dito Portugal moderno, descomplexado e sem tabús, este fim de semana, numa operação da PJ, o dono da tal cadeia de 'bares' foi detido e acusado de 'suspeito dos crimes de lenocínio (exploração e incentivo de prostituição), incentivo à imigração ilegal e falsificação de documentos.' Nesta pequena história, sem moral, da inocência e candura dos selectos 'clientes'/'voyeurs', ao pragmatismo dos parceiros 'sérios' do negócio, está também o retrato de um país.

Publicado por Manuel 15:53:00  

4 Comments:

  1. cidadão profissional said...
    A continuarem neste ritmo, ainda vão conseguir acabar com a prostituição em Portugal
    Spin Doc said...
    A QUESTÃO PARA OS SNRS JURISTAS QUE ANDAM POR AQUI, CUJA RESPOSTA, DESDE JÁ, AGRADEÇO.

    As meninas eram presença habitual no Herman SIC e tinham um programa chamado PEDREIROS DO COSTUME na Sic radical,Nesse programa, por uma chamada de valor acrescentado, as meninas descascavam-se.
    A SIC pode ser penalizada?
    josé said...
    Mesmo não me considerando jurista de costumes, posso talvez alvitrar que a prostituição não é crime, em Portugal.

    O que é punível é o chamado lenocínio, vulgarmente conhecido por "chulice".

    Mas há chulos e chulos, como toda a gente sabe.

    Tanto quanto julgo saber, a imigração ilegal não é crime. Mas já o será a organização de fileiras para "importação" de "material".
    Que não falta. Basta ir ao google e teclar umas certas palavras, para ver o que há disponível. Assustador, em alguns casos. Noutros, resplandecente.
    Enfim, nisto não sou moralista.
    Os Bataclans não são de agora. As "meninas", estarão sempre disponíveis para quem der mais.
    É por isso que se chama a mais velha profissão do mundo. Só o é porque há um mercado. E quem o explora, procura satisfazer um dos desejos mais prementes do ser humano: sexo!
    Há quem o faça de modo soft e até mesmo em fantasias várias.
    Quem nunca pecou, que atire a primeira pedra!
    naoseiquenome usar said...
    Aí vai o meu tijolo! ... Nunca falhei a esta distância! :)))
    Os meus cumprimentos ao "Manel"

Post a Comment