Padeiro de Aljubarrota Torres Vedras aguarda condecoração

O militar de 26 anos alvejado ontem em Sobral de Monte Agraço, que sofreu um desprezível arrancamento de parte da face esquerda e esmagamento do olho homolateral, será punido disciplinarmente por não ter oferecido catolicamente a outra face, mas Sampaio, na qualidade de agnóstico comandante supremo das forças armadas, prometeu já interceder a seu favor, alvitrando a possibilidade de comutar a sua pena por um trabalho pedagógico na verberada comunidade de Chelas, facultando aos jovens habitantes mais propensos para a física aplicada a oportunidade de estimarem correctamente a distância a um alvo humano nas provas de tiro organizadas no bairro ao lusco-fusco, proposta apenas concretizável após a conclusão da negociação de entrega às autoridades do bárbaro soldado, alegadamente barricado numa cama do serviço de cuidados intensivos do hospital de São José, onde persiste cercado por uma equipa de médicos e enfermeiras que envidam esforços para demovê-lo da intenção de detonar o balão de oxigénio conectado ao tubo introduzido na sua traqueia. Entretanto, o padeiro ofendido ambiciona expandir por todo o país, através do franchising, o negócio da transformação de agentes da autoridade em carcaças, asseverando a manutenção do preço actual do pão, face à forte concorrência espanhola a partir da via do infante no Algarve.

Publicado por Nino 21:58:00  

1 Comment:

  1. daniel tecelão said...
    Sempre ouvi dizer que,mais vale cair em graça do que ser engraçado,aqui não discurtino nem uma coisa nem outra.
    Acho que é um acto falhado.
    Porquê o bairro de Chelas e não o bairro da Lapa a ornamentar a rábula?

Post a Comment