Santana e o pastel de nata



Publicado por Carlos 15:48:00  

3 Comments:

  1. Santa Cita said...
    Pastel de Nata - 3 / Santana - 0
    (ou era o Benfica?)
    Anónimo said...
    O interesse da capa e o Obikwelu, não?
    josé said...
    Houve um tempo, datado e já com mais de uma dúzia de anos, em que no Parlamento, um pândego tido como génio, chamado Braga de Macedo, divertia o Cavaco até ás lagrimas. Porquê? Brandia no ar as folhas soltas de um jornal onde se contavam novas de outro mundo. O pândego dizia para eventuais basbaques, para gáudeo do Cavaco que se ria com aquele ar que todos conhecem: Vêem este jornal? Conhecem?! - É cor-de-rosa! E era quase! O Financial Times cor de salmão, agora, também é leitura preferida do primeiro ministro! Quem diria!
    Diz ele no miolo da entrevista que pediu para lhe colocarem diariamente, na secretária de despacho, alguns jornais mundialmente significativos: o Abc, El País, Le Monde; Fiantial Times; The Economist e as revistas Newswwek; Figaro Magazine ( importante meio de informação...); L´Express, Nouvel Observateur e Time.
    Chega de leitura!
    Numa das fotos da Visão, aparece o primeiro sentado num banco de pedra, de perna cruzada e de óculos postos, concentrado na leitura de um livro que se adivinha ser uma qualquer biografia política.O primeiro ainda está afolhear as primeiras páginas e a aposta que imediatamente se faz é que não passará daí...
    A legenda da foto: "Estudo - Santa Lopes aproveita para pôr a leitura em dia sentado num dos recantos mais apreciados por Salazar." Tal e qual.
    Ou tra foto, apresenta-o à mesa de trabalho e a manusear papéis, rodeado de dossiers. AS restantes fotos, trazem uma imagem de marca: mãos no rosto, em tom de seriedade e concentração.

    A meio da entrevista, a enterevistadora ( Áurea Samapaio) diz-lhe: " Este Governo parece dar especial atenção à imagem." Resposta pronta: "Não dá nada..." E a seguir a outra pergunta sobre o mesmo assunto - o da imagem - nova resposta desoncertante: "Da minha imagem? Não dou esse direito a ninguém! Da minha imagem trato eu."

    Como se pode ver pela entrevista...muito bem! Nem um deslize! Nem um piccolo divertimento adocicado num qualquer trecho de uma sinfonia de Chopin! Bravo!

Post a Comment