A União Cooperativa

Nota-se demasiado, o esforço unido da Cooperativa ambiente, em associar o BPN, a um partido político que execram com o afinco e porfia sectária habitual.

Acontece, porém, que o BPN é um exemplo daquilo que se convencionou chamar de bloco central. Até lá teve um ministro de Guterres.

Portanto, um bloco central, como um dos elementos mais esconsos dessa Cooperativa, anda a anunciar, como sendo a solução ideal, para os males do Estado.

Aditamento: E a Cooperativa unida, vai abrandar o júbilo cínico, quando perceber, quem, como e porquê, o bloco mais centralizado da Cooperativa, decidiu enterrar 500 milhões de euros, do Fundo de estabilização financeira da Segurança Social, no banco falido.

A pasionaria ( mudei o adjectivo para derivar do estilo da causa) do costume, já reclama prisões, acções punitivas, contra o "escroque" , "apontado", e a indiciação dos "compinchas".
Quando der com os jumentos na água, e perceber a real dimensão que lhe atinge a Cooperativa, mete a viola no saco, cala-se e sai pela habitual Esquerda baixa.

Publicado por josé 21:50:00  

5 Comments:

  1. Investigador criminal said...
    E um Procurador Geral Adjunto.... não se esqueçam do Daniel Sanches...
    Ubi comoda ibi incomoda?
    josé said...
    Amigo de Cunha Rodrigues...
    Flash Gordo said...
    Bem dito em poucas palavras. Nas entrevistas já mandam abraços, beijinhos e recomendações uns aos outros e é tudo tratado com pinças. Constâncio fica.
    opatrao said...
    Eles estão em todo o lado, incluindo neste blog.
    Não era o antónio José duarte um administrador do BPN e homem próximo de Oliveira e Costa?
    opatrao said...
    Então?
    Ninguém comenta a presença do vosso co-blogger António Duarte na Comissão de Inquérito do BPN ontém, dia 4 de Fevereiro.
    Aqui fica um pouco da sua actuação
    http://ww1.rtp.pt/noticias/index.php?headline=98&visual=25&article=386274&tema=28

Post a Comment