os perseguidos

Da crónica do crónico Miguel Sousa Tavares, destaco hoje uma passagem deveras judiciosa:
"Ora, o que António Costa vem agora dizer [sobre o facto, apontado por Costa, de Público andar numa cruzada pessoalizada, contra o excelso primeiro-Ministro, por causa da Opa frustrada da Sonae] desmente tudo isso e reduz as juras do Governo ( de que ele era então o nº2) a um exercício de conveniente hipocrisia. Se ele admite que Belmiro de Azevedo teria razões para se querer vingar do Governo por causa da Opa é porque confessa que o Governo teve papel decisivo no desfecho do caso."
Nunca tive grandes dúvidas sobre as capacidades intelectuais de António Costa, para chefiar partidos ou governos. Mas esta observação judiciosa de Sousa Tavares, confirma-o: um bluff. Outro bluff, aliás.
A propósito desta novela, no editorial do Público, citado pelo Expresso na página ao lado da crónica daquele MST, vem o seguinte bocado: " António Costa proferiu afirmações que ultrapassam a grosseria e rivalizam com o teor soez dos blogues anónimos animados por assessores do Governo."
Ora bem. Essa dos "blogues anónimos animados por assessores do Governo" assenta que nem luva no blog do Abrantes e estou convencido que é para aí que se dirige a boutade. Não linko o blog em causa ( que não é nossa, mas é outra, particular, de apaniguado), porque não é preciso . Ele vem cá espreitar ( e eu farei o mesmo...).´
Acontece que acredito piamente que o Abrantes é apenas o Abrantes, assessorado por eventuais assessores. Ou seja, o Abrantes não passará nesse caso, de um testa de ferro, o que empresta um ar cómico a esta situação: um blogue pretensamente anónimo, em prol desta governança errática, animado por um indivíduo que apesar de ser real, é tomado por avatar...
Tragi-cómico, nesta pequenina mesquinhice politiqueira.
Abrantes! Já sabes: se precisares de alguma coisinha em prol da defesa da tua liberdade de expressão, tens aqui um d.quijote, um d´artagnan de pacotilha, um paladino da dama que defendes e que é a possibilidade de continuares a debitar disparates!

Publicado por josé 14:23:00  

8 Comments:

  1. KILAS said...
    O Abrantes????

    Então e o Causa Nostra do inefável Profeçôr Dótôr Vital Moreira???

    Já agora lembrem-me duma coisa:

    Não era o Costa da CML que foi apanhado numas escutas da Casa Pia e que dizia que já não se podia fazer nada, o processo já estava não sei aonde...

    E o MST acha que ele é um homem sério? Bem, isso será certamente quando não se está a rir...

    POLÍTICOS À PORTUGUESA, NO PÂNTANO DE QUE FALAVA GUTERRES....
    MARIA said...
    Caro José,
    Já rira o bastante no post anterior.
    Este está demais. Que inspiração...
    Com todo o respeito, pondere neste conselho, não se ofereça D. Quixote da causa do Abrantes.
    Primeiro porque faz falta, depois porque corre o risco dele aceitar o papel de Sancho Pança e ainda lhe colocar em caminho uma Dulcineia do sistema com sorriso de "educação"...
    Saudações amigas
    Maria
    rb said...
    Vamos admitir que o tal Miguel Abrantes é um assessor do governo (há quem garanta que não) e que usa esse nome como pseudónimo. Pergunto-lhe: teria ele o mesmo direito que o meu caro José?
    zazie said...
    ahahahaha

    o rb é tão tolinho que nem ler sabe

    ":O)))))
    zazie said...
    perdão, de acordo com a tabela do Dragão, o rb/Atento é mais dos manteigueiros que se contenta com o berlinde


    ":O)))))
    zazie said...
    Aquele QI junto com a iliteracia, nem para abafador chegava.
    josé said...
    rb:

    O Abrantes tem todo o direito de intervir, como apaniguado deste grupo que nos governa.

    Até digo mesmo mais: se houver quem lhe queira por a arreata, estarei em primeira linha, como d´artagnan, com espada de plástico ( et pour cause) ou d. quijote de opereta, para o defender dos ataques cerrados dos inimigos da liberdade de expressão.

    Penso que já me prestei a esse papel, entendendo também que enquanto isso não suceder, continua tudo como dantes.
    rb said...
    Também acho, quer apaniguados do governo, quer os apaniguados da oposição, têm todos o mesmo direito de blogar.

Post a Comment