Falta de pudor


Ana Gomes, a fogosa blogger do causa nossa, rasga o vestido ( credo!) e atira-se ao Público, de hoje, por causa de um anúncio de página, pago pelo site do coronel Al Gathafi, da Líbia. A diplomata diplomada, chama "criminoso" ao líder líbio e indigna-se pelo teor do anúncio e pelo facto de o Público ter aceite a publicação.

Antes de escrever estas coisas, a fogosa diplomata, deveria escrever no Google, duas ou três palavras. PS. Líbia e Mário Soares.

Depois, poderia ler coisas como esta, veiculadas publicamente pelo insuspeito diário El País, em 28.1.2006:

Mateus afirma que el PS recibió importantes sumas de la alemana Fundación Ebert, del coronel libio Muammar el Gaddafi, del venezolano Carlos Andrés Pérez, de los socialistas suecos liderados por Olof Palme y de Alfonso Guerra en el palacio de La Moncloa.

Depois de ler isto, deveria fazer contas e pensar quando é que tais subsídios foram recebidos e se foram a fundo perdido.

Mas se não quiser ir tão longe no tempo da vergonha, pode na mesma página consultar um outro local que lhe dará esta notícia:

02 Out. 2005 - Sócrates reúne-se em Tripoli com o líder líbio Muammar Kadhafi , procurando abrir caminho à entrada de empresas portuguesas no mercado deste país do Magreb.

Ou então, cobrir-se de djelabha e ler isto, daqui:

"Julgo que Muammar Kadhafi é um líder carismático da maior importância em toda a geo-política africana", sustentou José Sócrates no final de uma visita de oito horas à Líbia.

Ainda sobre o encontro com Kadhafi, que durou cerca de 50 minutos, Sócrates sublinhou que "grande parte das opções geo-políticas africanas passam por Tripoli e pelo líder líbio".

"A nossa relação pessoal é muito importante para permitir o aprofundamento das relações entre Portugal e a Líbia", sustentou.

Que pensará disto, o deputado José Lello? Nunca o saberemos, porque deixou de ser possível a publicação de escutas e as do Apito Dourado, já foram há muito tempo...

ADITAMENTO, em 6.12.2007:


Ana Gomes, na qualidade de eurodeputada, falou hoje, na rádio da TSF, para dizer que a maior parte dos líderes africanos, deveria estar na prisão, por diversos delitos, mormente de corrupção. Ana Gomes, apronta-se cada vez mais para um papel até agora reservado ao líder madeirense, Alberto João Jardim, nos dislates com mira certa.
Além disso, faz uma belíssima companhia ao seu colega de blog, nestes àpartes em contraponto.

Excluiu daquela lista extensa (são muitos, diz ela), os dirigente de Cabo Verde. São exemplares, para a diplomada diplomata, eurodeputada e blogger do causa nossa.
Escusado será dizer que deveria consultar novamente o Google, para se inteirar de notícias que dão como certo ser Cabo Verde, actualmente, um dos países mais importantes no tráfico de droga internacional, funcionando como placa giratória, dos cartéis sul-americanos. Exemplares, os líderes de Cabo Verde? Sò se for a fechar os olhos...

Publicado por josé 22:13:00  

8 Comments:

  1. Ha do que said...
    Bande d'ectoplasmes de tonnerre de Brest!, Cercopithèque!, Vers de terre!, Espèce d'anacoluthe!, Chauffards!, Flibustiers de carnaval!, Filous!, Bougres de marchands de guano!, Cachalot!, Vivisectionnistes!, Zouave interplanétaire!, Anthropopitèque!, Bougre d'amiral de bateau-lavoir!, Concentré de moule à gaufres!, Apache!, Espèce de coupe-jarret!, Cornichons!, Vermicelles!, Cyclone ambulant!, Bougres de faux jetons à la sauce tartare!, Crème d'emplâtre à la graisse de hérisson!, Esclavagiste!, Épave!, Espèce de cigare volant!, Bandes de zapotèques!, Fichues sales bêtes!, Gaillards!, Incas de carnaval!, Cataplasme!, Topinambours!, Hors la loi!, Va-nu-pieds!, Gardes-côtes à la mie de pain!, Cannibale emplumé!, Graine de chenapan!, Lascars!, Bougre d'extrait d'hydrocarbure!, Vingt mille sabords!, Troglodytes!
    josé said...
    Fónix!
    patio said...
    Caro fosé o seu post que eu era para elogiar, lamento mas está a léguas do primeiro comentário.

    A Ana Gomes anda muito ocupada a ver os aviões dos EUA com presos para ler este seu post...
    VERGONHA, estava tão bem na Indonésia, realmente o Eng. Guterres tinha cada ideia...

    pedro oliveira
    http://vilaforte.blog.com
    patio said...
    fosé?
    José claro!
    lusitânea said...
    Esta, a que gritava"nem mais um soldado para as colónias" e que de facto ajudou a impedir o embarque da 1ª unidade militar, o que contribuiu para a derrocada da disciplina já ela muito abalada, isto quando se defendia "uma ordem", já democrática,que salvaguardasse os interesses de diferentes povos no ex-ultramar.
    Agora que nada temos para salvaguardar é que ela nos quer no Darfur, na Somália,etc...
    E, como outros, é eleita por portugueses...
    De facto o que eles desejam é que os portugas permaneçam com os olhos bem fechadinhos... pois que em terra de cegos quem tem um olho é rei...
    josé said...
    O mais curioso nesta revolucionária em banho-maria, é o facto de ter enveredado pela diplomacia.
    É verdade que numa entrevista passada, mas recente, a própria explicou que calhou assim. O curso de Direito dava para isto e para aquilo e a ela deu-lhe para a diplomacia.

    Ana Gomes, é a nossa adhoque, não tenho dúvidas. E o primeiro comentário é de facto melhor do que o postal. Com mil milhões de macacos!
    Carlos Medina Ribeiro said...
    Em meados de 2003, Martins da Cruz, à época Ministro dos Negócios estrangeiros português, visitou o coronel Kadhafi na sua tenda líbia. Até aí, nada de especial. O que nunca ele - nem ninguém - nos revelou foi o motivo para o ter feito com a bandeira portuguesa ondulando orgulhosamente ao vento do deserto... hasteada "de pernas para o ar" (!) - como se pode ver [nesta foto] do EXPRESSO...
    .
    zazie said...
    Este post está espantoso pela pontaria mas, logo a seguir, o capitão sai-se com aquela lista de impropérios que transformam a história em comédia

    ":O))))

Post a Comment