5 de Outubro: "All animals are equal...".

Segundo o “DN” de hoje, Vitalino Canas “(...) sugeriu ontem que a não recondução de Souto Moura no cargo de procurador-geral da República (PGR) foi também uma penalização política pela forma como aquele responsável geriu o caso do "Envelope 9".".

Só um Cândido acabado de aterrar de Plutão acreditaria que o desamor do PS ao PGR possa ter a ver com a novela do “envelope 9”.



Basta avançar umas páginas naquele diário para encontrar (apenas na versão impressa – p. 17) a transcrição de telefonemas, de Maio de 2003, em que o actual Primeiro Ministro, mesmo depois de avisado pelo interlocutor de que a conversa estaria a ser gravada, afirmou, num vernáculo pouco criativo, que a separação de poderes é filha de uma senhora de vida fácil (por assim dizer, que este é um blog para todas as idades). Segundo a dita transcrição, outro Ministro do actual Governo, no dia da detenção do Dr. Paulo Pedroso, clamava pela intervenção directa do Presidente da República (!) e afirmava, escolhendo as palavras, que “(...) isto exigia uma... uma... uma... medida brutal na magistratura”.

Perante tais manifestações da cultura política dos que nos governam, é evidente, até para os mais distraídos, que o futuro do PGR estava, há muito, traçado.

Souto Moura poderá não dominar algumas das complexas valências que hoje são indispensáveis para que um PGR possa cumprir, com inteiro sucesso, a sua missão, em especial se tal implicar o afrontamento dos poderes que, de direito ou de facto, mandam no país. É por isso desejável que lhe suceda quem possa fazer mais e melhor. Mas, contrariando todos os que o tentaram condicionar, o PGR Souto Moura não claudicou na observância do princípio da igualdade dos cidadãos perante a lei penal e processual penal que temos (seja ela boa ou má, isso é outra questão). Neste dia 5 de Outubro, dedicado a reafirmar os valores da ética republicana, é, só por isso, merecedor de público reconhecimento.

“All animals are equal”. Sem mas. “Habituem-se!”.

Publicado por Gomez 19:19:00  

5 Comments:

  1. zazie said...
    Olha só, nunca pensei que a comemoração da República me desse qualquer alegria.

    Viva o regresso do Gomez!


    ";O))
    Gomez said...
    Agradecido, Zazie, mas não é bem um regresso ... é mais o resultado de um feriado com algum tempo livre ;-)
    pv said...
    O regresso do Gomez vale um brinde!

    Quanto às declarações do Dr. Canas, também as ouvi, pasmado.
    Julgava o Dr. Canas um constitucionalista sério. Admito que possa ter-se esquecido da alteração que o PS impôs à Constituição, determinando que o mandato do PGR seja único (não permite recondução) e dure 6 anos.
    Será que o Dr. Canas pretendia apenas responder ao Pe. Louçã que, como todos sabemos, é uma autoridade em todas as matérias?
    A propósito: alguém sabe dizer-me qual é a razão que leva o BE e em particular Sua Eminência Reverendíssima a pedir, seja a que preço for, a cabeça de Souto Moura?
    Cabral-Mendes said...
    Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
    Fernando Martins said...
    Ora aqui está o Gomez que um Procurador, da zona de Viana, me disse que o fazia vir muitas vezes até este local e que me tornou leitor atento desse Blog.

    É pena é ser nesta triste data (5.10.10) mas, para falar da treta da ética republicana até é uma boa data!

Post a Comment