Aturem-no

Valentim Loureiro pretende que o Chefe de Estado "reaja" por causa da acusação do "apito dourado". Quer que ele "ponha os magistrados na ordem" e teve até o bom gosto de invocar o processo Casa Pia para dar um exemplo da "indignação" presidencial em relação à justiça. Elegeram-no, indicaram-no para cargos institucionais (Metro do Porto, Liga) e até um candidato a PR foi a Gondomar babar-se para cima dele. Agora aturem-no.

Publicado por João Gonçalves 23:02:00  

3 Comments:

  1. Lionheart said...
    Aturem-no, não! Mas que raio de país é este, em que até um bandalho de um corrupto como este "major", se arroga no direito de interpelar o Chefe de Estado?? E o ainda Chefe de Estado quase que pediu desculpa por não lhe poder responder??

    Tomara que a "esfinge" tome posse. Pelo menos acaba a palhaçada em que Sampaio tem sido pródigo.
    discreto said...
    O homem vê-se há muito como monarca e não como simples presidente de câmara.
    Pode ser que desta o obriguem a pôr os pés outra vez no chão!
    Anónimo said...
    o gajo não tem é vergonha, já se esqueceu da roubalheira que fez ao Estado Português com a história das batatas e, ainda por cima, foi readmitido e é tratado por MAJOR.
    Ora, toma lá!...

Post a Comment