pontos nos ís

Cavaco ganhou, e ganhou bem. Ele e Portugal estão de parabéns. Contudo, a sua mais que previsível eleição não chega para esconder o caos pantanoso em que vai ficar uma boa parte do nosso sistema político/partidário. E isso, não é bom para ninguém, nem para aqueles que hoje cantam vitória. Dito isto, a outra boa notícia da noite não é o alegado fim político de Mário Soares, que já alcançou há muito a imortalidade nos livros de história, mas o princípio do fim de Francisco Louçã. Quanto a Alegre e a Sócrates, Sócrates é o grande vencedor da noite. Não o seria se Alegre saltasse e formasse um novo partido, mas como Alegre não o fará... Sócrates fará o quiser e o que lhe apetecer, assim o saiba. Continua primeiro-ministro, com um potencial 'inimigo externo' em Belém, e com esta 'banhada' tem razões para considerar muitas dívidas saldadas. E sabem que mais ? seria muito mau para o país que não fosse assim.

Publicado por Manuel 20:21:00  

1 Comment:

  1. daniel tecelão said...
    Não sei se Portugal estará de parabens com a vitória "esmagadora" de Cavaco,o tempo o dirá,por mim não arrisco nem uma pestana!!!

Post a Comment