'A Política da coincidência'

A Lei-Quadro da Política Criminal não visa governamentalizar a Justiça, pois tudo se fará mediante aprovação parlamentar. Não se façam pois críticas fáceis, que fazem logo perder a razão. Do que se trata é de politizar a política criminal. Claro que os políticos tinham que reagir quando a oportunidade o momento e o modo como alguns processos criminais eram tramitados, sobretudo aqueles que envolviam políticos e seus apoiantes pareciam não surgir do acaso. Seria coincidência; tal como agora, naturalmente. Os más-línguas é que dizem o contrário.

José António Barreiros

Publicado por Manuel 14:15:00  

4 Comments:

  1. Cavalo Marinho said...
    Nisto, não há coincidências!
    zezepovinho said...
    UMA COINCIDÊNCIA FELIZ

    O Governo aprovou, em 24 de Novembro, para consulta pública, um diploma que reorganiza profundamente os cursos de especialização tecnológica, o nível do acesso, a estrutura de formação e as condições de ingresso no ensino superior para os seus diplomados. Os cursos de especialização tecnológica são cursos pós-secundários não superiores que visam a aquisição do nível 4 de formação profissional, que se caracteriza por uma formação técnica de alto nível, a inclusão de conhecimentos e capacidades que pertencem ao nível superior e que permitem assumir responsabilidades de concepção, de direcção ou de gestão.

    Até que enfim se dá prioridade ao combate à má qualificação dos portugueses, origem primeira da falta de competitividade da nossa economia!

    Muito bem sr. primeiro ministro!
    naoseiquenome usar said...
    ÓH ZÉZINHO...até que enfim??!!
    ... Já houve tempos, dizem, em que os rapazes iam para a escla industrial...
    Nível 4??? O que é isso? O que vão fazer?
    Luis M. Jorge said...
    Conheça a Mandatária Para a Juventude de José Maria Martins.

    Aqui.

Post a Comment