10 debates. DEZ.

A RTP, SIC e TVI sortearam hoje os dez frente-a -frente entre os candidatos presidenciais, que irão decorrer entre 05 e 20 de Dezembro, disse à Lusa o director de informação da estação pública de televisão. De acordo com o sorteio realizado, hoje à tarde na sede da televisão pública, a RTP irá organizar os frente-a-frente entre Mário Soares/Cavaco Silva, Manuel Alegre/Francisco Louçã, Mário Soares/Jerónimo de Sousa e Jerónimo de Sousa /Francisco Louçã. A SIC irá organizar os debates entre Mário Soares/Francisco Louçã, Cavaco Silva/Jerónimo de Sousa, Cavaco Silva/Manuel Alegre. Os frente-a-frente entre Mário Soares/Manuel Alegre, Cavaco Silva/Francisco Louçã, Manuel Alegre/Jerónimo de Sousa serão transmitidos na TVI. Segundo Luís Marinho, os dez frente-a-frente serão transmitidos em dire cto a partir das 20:45 horas, ou seja, «colados» aos principais telejornais de cada es tação de televisão, e cada um será moderado por dois jornalistas. Os debates terão sempre a duração de 60 minutos úteis e um só intervalo. Diário Digital/Lusa

Publicado por Manuel 23:40:00  

6 Comments:

  1. lapis rabugento said...
    «pode o governo sff colocar em linha os estudos sobre o aeroporto da ota para que na sociedade portuguesa se valorize mais a "busca de soluções" em detrimento da "especulação"?»

    Isto é o que se lê neste blog, ao alto, quando se quer colocar um comentário.

    senhores desta Grande Loja, os estudos sobre a Ota e Rio Frio estão disponíveis na Net, em www.naer.pt

    Para quê então esse cartaz ao alto do vosso blog?
    Assur said...
    Lembram-se de "Mario Soares, President of Portugal, wrote a book in 1972 entitled Portugal Amordacado. At page 475 the book reads: 'A especificidade do fenómeno Português em Africa, Macau e Timor é outro dos mitos criados pelo Estado Novo. Timor é uma llha Indonesia com bastante pouco a ver com Portugal' (sic), which means in English that the particularity of the Portuguese phenomenon in Africa, Timor and Macao is the myths that are created by the new Government. Timor is an Indonesian island with little to do with Portugal. Meanwhile, former Minister for Overseas Territories Almeida Santos, who was responsible for decolonization, stated in the United Nations General Assembly on 4 December 1974 that '... considering East Timor's underdeveloped conditions, it will be realized that a total and immediate independence is a dream'. As clearly expressed from its own communiqué, Portugal's statement is indeed confusing as the second sentence of the second paragraph reads: 'However, until now, Eastern Timor is still legally occupied, persistently challenging the values and fundamental principles which govern the relationships between nations and peoples.' ?
    lv said...
    Entao o os outros? A Manuela Mgno, o Garcia, Carmelinda...

    E o grande debate de Cavaco e Vieira!??
    Arrebenta said...
    Postal de Apoio do "Major" Valentim Loureiro ao Grande Timoneiro de Boliqueime

    Professor:

    Escrevo-lhe de Gondomar, antes de mais, para lhe dar um sentido abraço de parabéns pela sua candidatura.

    É de homens como você que Portugal precisa, homens de valor, prontos para surgir no momento certo, e com um verdadeiro carisma nacional.
    Como sabe, juntos fizémos várias maiorias absolutas, e não são as minhas, mais modestas, que poderiam fazer sombra às suas, mas uma coisa é certa, o que une este Homem do Norte, EU, a você, Homem do Sul, é, antes de mais, uma mesma coragem e determinação.
    Ela uniu-nos, durante muitos anos, e, deixe-me dizer-lhe, nada as separará, a partir de agora.

    Professor, eu sei que a sua campanha, como a minha, também vai ser difícil. Como diz a minha filha, "há muita -- desculpe-me a expressão -- muita trampa neste país, muita gente que não vale nada, muitos zé-ninguéns, muitos domequins-caralhetas, a ocuparem postos importantes", e é essa gente que vai ser capaz de ser a primeira a apontar-nos o dedo a nós, homens honestos, trabalhadores do nosssa área, amigos de sempre de empurrar este nosso Portugal para a frente.

    Professor, antes de tudo, entenda este postal como uma forma de respeito e amizade, mas quero dizer-lhe ainda mais: nós ganhámos Gondomar, distribuindo fogareiros, televisões e micro-ondas. Digo-lhe do fundo do coração: se precisar de algumas dessas coisas aí em baixo, é só escrever-me, que eu envio imediatamente todos os electrodomésticos que forem necessários para pôr a gentalha aí de baixo a votar no Homem de Portugal, no nosso Cavaco Silva, no Presidente que todos nós trazemos no coração.
    Graças a Deus que fundos não nos faltam, e saiba que está consigo a Liga, e o Metro do Porto e todos os cabedais que lá fomos acumulando, justamente para as necessidades destes dias difíceis.

    Vai-me perguntar por que é que este Lutador do Norte lhe escreve hoje este postal tão sentido e inflamado: professor, quem lho escreve é um homem injustiçado, um homem sério, honesto e honrado, cujo nome foi arrastado na lama por uns quaisquer badochas que andam a piolhar pelo Terreiro do Paço. Professor, eu sei que quando for eleito, a 22 de Janeiro, me poderá ajudar a descobrir os nomes dessa escumalha, do Ministério Público, da Judiciária, dos Tribunais, dessa gente que não recuou perante nada, para me transformar num homem de maus costumes.

    Professor, cá em cima, em Gondomar, terra modesta, mas de portugueses honrados e homens fortes, há quem receba 50 € para partir um braço, 100 € para lhes desmanchar os pés, 500 € para os pôr para sempre numa cadeirinha de rodas, 1000 € para deles darem baixa, de vez, nas listas eleitorais.

    Essa é gente brava, gente que é paga para cumprir o seu dever.
    Cá espero, em cima, em Gondomar de Portugal, que irá em peso votar no Grande Aníbal Cavaco Silva para Presidente, que me envie essa lista de merdosos, mal seja eleito. E outra coisa aqui lhe prometo: quando também precisar de mandar algum para o galheiro, é só escrever-me o nome e a morada, que dois dias depois já o tem em coma.

    Professor, Aníbal -- permita que o trate assim -- MEU AMIGO, esta luta é nossa e é dificil, mas unidos venceremos.

    Abração deste seu

    Valentim
    diogenes said...
    Ao menos nesses dias os telejornais em vez de durarem 90 minutos, em que se aborda desde o cão que mordeu o homem até à guerra nuclear entre o Irão e Israel, sem qualquer ordenação editorial, vão durar apenas 40 minutos ( os 5 que faltam são para a publicidade).
    diogenes
    xatoo said...
    Já Marx e Engels na "Ideologia Alemã" escreviam que os estudos económicos tinham tanto a ver com a realidade como a masturbação tinha a ver com uma boa queca.
    Passados 150 anos, estes pseudo-debates continuam a ser isso mesmo: píveas cerebrais para consumo de anafados ijvoyeurs de sofá.

Post a Comment