e esta, hein ?

O ex-tesoureiro do Partido dos Trabalhadores, Delúbio Soares, o tal com quem Ricardo Espiríto Santo se encontrou - de propósito e de Falcon - no Brasil para discutir culinária, envolvido no escândalo do «mensalão», terá vindo a Portugal dez vezes.

Publicado por Manuel 23:02:00  

3 Comments:

  1. Anónimo said...
    Ricardo Espirito Santo e Ricardo Espirito Santo Salgado são a mesma pessoa ?
    Ou sendo familiares o primeiro reside no Brasil e o segundo é quem nós sabemos ?
    Parece ser aquilo que se deduz do que se tem escrito.
    xavier said...
    É a globalização do colarinho branco.
    Não podemos pretender que os fenómenos de globalização fiquem à porta da política.
    Quer-me parecer que, afigurando-se o menos mau dos regimes, as democracias actuais são demasiado vulneráveis aos interesse subversivos e corruptos.
    O regime democrático fragilizou-se ao ponto de se ter transformado, lenta mas paulatinamente, em autoritário e corrupto.
    (Curiosamente sem autoridade nem competência nem responsabilidade).
    As virtualiades positivas que a democracia encerra não são suficientes para evitar o take over dos partidos políticos e seus satélites mafiosos; não quando estes são transformados em longa manus desses interesses subterrâneos.
    Cada vez mais temos duas classes de cidadãos:
    Aqueles que pagam impostos e elegem os senhores governantes e os legitimam no exercício do poder;
    E, por outro lado, o grupo daqueles que, de forma subversiva e subterrânea, esmifram o erário público a seu bel-prazer e para seu proprio proveito, de toda a forma e feitio (desde a simples fuga ao impostos até às candidaturas fraudulentas a capitais públicos, passando pelos chorudos negócios, por vezes desnecessários e altamente inflacionados, até aos altos cargos públicos ou em empresas públicas para amigos afilhados e vozes do dono) empobrecendo o país.
    O resultado é a riqueza de uns tantos e pobreza de todos os outros, a grande maioria.
    Perde o país.
    Perdem os nossos filhos.
    A democracia está em perigo, como nunca esteve antes.
    Anónimo said...
    Quanto ganhava o Espirito Santo com o negovio? sim porque ningurm no deu estsdo normsl, sgredits,a
    que os gajos, tinham, encontros, psrs jogar à bisca?
    Reuniões, sem agenda definida» mas que cambada de parvos, são estes govrtnsntes rmpresarios e bsnqueiros?
    Não ficaram actas das reuniões, aquilo, era negócio de mercieiro?
    preguntem ao Soares, que ele tem experiencia dos negócios trsfulhas de Macau ele e os outros........

Post a Comment