Soares tem 80 anos, Cavaco 65. Parece que depois deles falta uma geração inteira. Onde se meteu a gente dos 40 e 50 anos, que devia agora tomar conta do país, com força, com experiência e uma visão nova? Como se explica a esterilidade desta democracia que em 2005, maior e vacinada, volta em desespero ao seu fundador e ao 'pai' do Portugal 'moderno' (que entretanto caiu num buraco sem fundo)? Existe alguma razão especial para a pobreza humana da nossa política?

Vasco Pulido Valente, Público

Publicado por Manuel 15:45:00  

2 Comments:

  1. Anónimo said...
    De 1961 a 1974 passaram, por África em situação de guerra,cerca de 1.400.000 jovens que certos ou errados, mais convictos ou menos convictos, deram à Nação o que de melhor tinham. É de perguntar se valeu a pena, ao se ver a merda em que este nosso País se encontra.
    Não foram eles...
    São sempre os mesmos.
    Pedro M said...
    E eles que se cuidem que o pior está para vir...

Post a Comment