"Sassá Portas" - o salvador da pátria...


Estranho país o nosso…

Quando são os próprios santanistas que arranjam problemas. Quando o governo treme, a oposição prova que não quer eleições antecipadas. Onde Paulo Portas, com o seu silêncio, é o único que dá estabilidade.

in O Acidental [blog oficioso do portismo profundo]

Para bom entendedor...

P.S. Ainda sobre O Acidental confesso-me siderado e fulminado com o nível, elevação, cordialidade e sobretudo educação mantida no debate com o Almocreve das Petas a propósito dos alegados desvios ideológicos de Pedro Mexia... Depois de tanto esforço literário, Margarida Rebelo Pinto, perdão Paulo Pinto Mascarenhas já merecia ser mais que um mero assessor, pelo menos secretário de estado.

Publicado por Manuel 01:33:00  

1 Comment:

  1. esim said...
    Caro Manuel:

    Como é possível interpretar este post como uma mensagem de apoio oficioso ou oficial a Paulo Portas? Não vou procurar as razões, mas adivinho algum preconceito na leitura que fez das minhas palavras.

    Por muito que não se goste de Paulo Portas lembro com ironia os vaticínios feitos à data do anúncio da coligação que lhe davam o papel de Judas na mesa da aliança. Não só o oráculo estava errado, como os factos demonstraram que a continuidade deste governo se fez à conta dos seus silêncios. Na prática, e este era o ponto onde queria chegar, duvido que a opinião do líder do PP sobre a condução política deste governo seja muito diferente da sua ou da minha.

    Um abraço,

    Rodrigo Moita de Deus

Post a Comment