Origem das Espécies - O argumento pragmático, será a direita mais inteligente?

Um episódio recente veio confirmar a tese sujeita a contestação atazanada das diferenças no cérebro de uma pessoa de direita de uma de esquerda.

Refiro-me, claro, entre outros, ao episódio entre Raymond Aron e Sartre.

Como se sabe vêem-se agora confirmadas todas as teses do primeiro, obviamente um cérebro mais pragmático, calmo, culto e consequente. Do segundo sabemos a predileção por um certo dandysmo, a utopia da "igualdade humana" entre outras fantasias engraçadas e de pendor esquerdalhado, do "momento", vá lá, menos inteligente.

Sei que provavelmente alguns poderão contestar, mas, de facto, nesta época em que qualquer conservador é insultado por simplesmente existir devo confessar que todas as pessoas com o mínimo de sinal de inteligência que conheci, ou li, são de direita.

Contra factos, venha a humana argumentação. A gente atura com educação.
.

Publicado por Visconti 13:42:00  

3 Comments:

  1. Anónimo said...
    em portugal a indigência parece-me democráticamente distribuída como o vosso Manuel costuma demonstrar...
    Manuel said...
    Em termos abstractos uma das pessoas mais inteligentes e bem sucedidas no Universo e arredores, é manifestamente de esquerda. Um ajudante seu, segundo na linha de comando, foi aliás retratado brilhantemente por Goëthe, chamava-se Mephistofoles num livrito chamado Fausto, e as suas obras e conquistas estão em todo o lado;
    zazie said...
    hummm... nunca leste Malevich...

    por aí não acertas. É incrível como a inteligência quando é forte até sobrevive ao fanatismo ou à ideologia.

    Ia jurar que essa dicotomia é mais verdadeira para o sentido de humor.
    Não me lembro de alguém politicamente correcto com sentido de humor.

    E muito sentimental também não. Deve ser por isso que é raro haver uma mulher com muita piada.

Post a Comment